Connect with us

Gestão

Como treinar sua equipe de pré-atendimento (SDR)

Aprenda agora como treinar sua equipe de pré-atendimento (SDR) de forma eficiente para maximizar os resultados de vendas obtidos no mercado imobiliário.

Published

on

Aprenda agora como treinar sua equipe de pré-atendimento (SDR) de forma eficiente para maximizar os resultados de vendas obtidos no mercado imobiliário.

Um processo de pré-atendimento eficiente pode ser um grande diferencial para sua construtora  alcançar mais resultados. Porém, a implementação de um departamento de pré-atendimento requer uma atenção especial. E treinar sua equipe é um dos passos fundamentais para colocar essa estratégia em prática.

Imagine uma construtura elaborando um planejamento de todas as ações de seu processo de pré-atendimento. Por melhor que seja a estratégia traçada, será necessário que a equipe de SDR esteja capacitada para colocar em prática todas as ações. Caso contrário, será muito difícil coletar as informações certas para ajudar no processo de vendas da construtora.

Mas como você pode treinar sua equipe de pré-atendimento com eficiência? Descubra ao longo deste artigo.

Como eu devo começar o treinamento?

Defina expectativas e crie um cronograma de treinamento

O primeiro passo para treinar sua equipe de pré-atendimento é definir suas expectativas e planejar as capacitações necessárias. É preciso deixar claro para os SDRs qual é seu papel na construtora. Eles não possuem um perfil comercial, mas sim administrativo. Ou seja, eles não querem vender, mas garantir que todos os leads recebam atendimento e os corretores recebam leads qualificados.

Além disso, é importante definir um cronograma de treinamento. Qual é o prazo que eles terão para realizar cada passo? Quando eles começam a ligar na prática? Qual é o tempo mínimo de adaptação? A partir de qual mês serão definidas metas para eles?

Todas as questões ajudam a sua equipe a se preparar de forma mais assertiva.

Os principais tópicos que devem fazer parte do treinamento são:

– Conhecimento dos empreendimentos;

– Entendimento sobre as personas da construtora;

– Análise da concorrência;

– Ferramentas para a realização do treinamento.

Quanto mais informações sua equipe de pré-atendimento tiver, mais fácil será colocar suas atividades em prática. Essa é uma forma de garantir que os membros da equipe saibam o que esperar dos treinamentos e iniciem a sua preparação.

Crie um playbook com as informações importantes

Para facilitar o acesso às informações importantes para sua equipe de pré-atendimento, você pode, por exemplo, criar uma biblioteca com  artigos para estudos, ebooks e cases de sucesso sobre departamentos de pré-atendimento. Para isso, você pode usar aplicativos como o Google Drive ou o Dropbox e compartilhá-las com aqueles que estão passando pelo treinamento.

Aqui estão algumas sugestões para sua biblioteca:

Manual com as práticas de pré-atendimento

– Técnica de Spin Selling, para entender os prospects;

– Como utilizar um CRM para gerenciar os atendimentos;

– Informações sobre a persona da construtora;

– Script para ligação, mensagem no whatsApp ou e-mail.

Artigos do setor

– Melhores práticas de pré-atendimento;

– Novas tendências do mercado imobiliário;

– Artigos sobre o setor em blogs especializados;

– Principais perfis de mídia social para acompanhar.

Como aplicar o treinamento

Faça análise das abordagens

Existem vários materiais ou canais de estudo que você pode explorar para treinar sua equipe de pré-atendimento: palestras, oficinas, aulas por EAD, atividades em equipe, seminários, entre outras. E é importante analisar quais delas geram resultados mais positivos para sua equipe.

Para fazer essa análise, você pode realizar reuniões periódicas e discutir os melhores e os piores pontos – buscando melhorias para as próximas ações de capacitação. Apresente todos os conteúdos e permita que o seu SDR escolha a melhor abordagem de atendimento para ele. Com base nisso, será possível fazer uma avaliação com base na abordagem escolhida pelos membros da equipe.

Garanta a adaptação aos processos

Quando os profissionais de pré-atendimento adquirem novos conhecimentos, é comum que eles passem por um processo de adaptação.  E pela quantidade de conteúdos apresentados, é normal que eles esqueçam alguma informação estudada.

Por isso, é importante que o gestor esteja ao seu lado durante o treinamento – tirando dúvidas e ajudando a aplicar, na prática, o que está estudando.

Porém, mesmo que seja mais fácil usar atalhos, é importante que você indique que eles sigam o processo e a estrutura definidos. Afinal, você certamente está pensando na melhor forma de promover um pré-atendimento de qualidade na sua construtora.

Portanto, certifique-se de mostrar a maneira correta de qualificar os leads, se comunicar com os membros da equipe e usar as ferramentas de marketing. Isso levará algum tempo para aprender no início, mas garantirá que eles permaneçam mais produtivos em longo prazo.

Coloque o foco no cliente, não no imóvel

A equipe de pré-atendimento não foca em vendas, apenas no que realmente os clientes precisam. Ou seja, os clientes precisam ser o tópico mais importantes na hora de treinar sua equipe de pré-atendimento. Para ser mais preciso, você precisa garantir que eles entendam as pessoas com quem se comunicarão diariamente.

Na prática, você pode incluir a resposta para as seguintes perguntas nos treinamentos:

– Quais são objetivos buscados pelo cliente?

– Quais são suas principais objeções?

– Como eles buscam por informações sobre o mercado imobiliário?

– Quais são suas principais dúvidas?

Uma vez equipados com essas perguntas, eles deverão compreender melhor sobre como conversar com os potenciais clientes. Além disso, eles saberão como seus imóveis solucionam a busca do cliente pela melhor opção para morar.

Inclua atividades práticas

O sucesso em treinar sua equipe de pré-atendimento passa pela prática. Além de fornecer todas informações teóricas necessárias, também é importante fazer com que eles testem os novos conhecimentos adquiridos. Duas ótimas ideias para que os profissionais se acostumem com as novas rotinas são fazer exercícios de role play com o time – com a interpretação de papéis para simular uma ligação real de pré-atendimento – ou colocar os profissionais para fazer contato com leads mais frios.

Como avaliar a performance do treinamento

Observe e monitore os resultados

A melhor forma de avaliar a performance do treinamento é observar a evolução no desempenho da sua equipe. Afinal, o objetivo é justamente criar as condições ideais para que o desempenho cresça com o passar do tempo.

Você tem a oportunidade de diagnosticar os métodos e técnicas adotados e alinhá-los aos processos definidos. Além disso, você ainda pode definir ações específicas para desenvolver novas habilidades.

Ao avaliar a performance do treinamento não deixe monitorar os resultados. O número de oportunidades qualificadas está aumentando? Os corretores conseguem ser mais eficientes por conta do pré-atendimento? A produtividade da equipe está maior? Todas essas são questões que podem e devem ser monitoradas pelo gestor comercial.

Defina reuniões periódicas

Além de monitorar a equipe de pré-atendimento, você pode buscar e fornecer feedbacks, entendendo os principais desafios da equipe e pensando juntos em como vencê-los. Defina reuniões periódicas para conversar sobre os resultados e melhorá-los constantemente – criando um ambiente de evolução contínua.

Você gostou das dicas para treinar sua equipe de pré-atendimento? Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Deixe o seu comentário.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gestão

Você sabia que um lead atendido nos primeiros 5 minutos tem maiores chances de conversão?

Published

on

Como anda o tempo de resposta da sua empresa? O retorno ao lead tem sido feito em 5 minutos pela sua equipe? É bem provável que eles estejam demorando mais do que isso. É hora de corrigir os erros desse atendimento e agilizar os processos. Por isso, preparamos neste artigo algumas dicas que vão te ajudar, acompanhe! 

Contato nos primeiros 5 minutos

Um tempo de atendimento falho pode ter um efeito drástico para a sua carteira de clientes e para a credibilidade da sua construtora. Você sabia que, no setor imobiliário, os clientes acreditam ser aceitável serem atendidos em até 24 horas?

Embora, em média, as empresas demoram mais de 24 horas para entrar em contato com um possível cliente, de acordo com pesquisas recentes, contatos realizados nos primeiros 5 minutos aumentam a chance de sucesso em 100 vezes.

São duas grandes vantagens: 

  1. O lead já estará de frente para o computador e disponível para atender a chamada;
  2. As informações sobre o produto e a empresa ainda estão frescas na memória do possível cliente.

Tentativas de contato

Mais um dado relevante de algumas pesquisas realizadas é que o corretor pode ter sucesso de contato com um cliente depois de seis tentativas, ou seja, o ideal é tentar falar com o possível cliente pelo menos seis vezes, assim a chance de sucesso é em torno de 93%.

Nesse sentido, para que todas essas tentativas sejam feitas e, assim, ocorra uma melhora nos resultados, muitas empresas do setor imobiliário têm tomado a decisão de ter uma equipe de pré-atendimento. Esses profissionais, geralmente, não são corretores. Mas, têm um perfil mais administrativo, ou seja, cumprem muito bem a meta de 6 tentativas (não desistem fácil). O objetivo fica em marcar uma visita para o corretor, e aí já sabe, o corretor faz o que melhor sabe fazer: fechar venda!

Fluxo de cadência

O  fluxo de cadência é um método que auxilia sua equipe comercial no número de tentativas ideais para entrar em contato com um lead, seja por e-mail, telefone ou whatsApp.

No mercado imobiliário, é muito comum que você não consiga falar com o cliente na primeira tentativa. Esse tipo de situação é normal. Por isso, sua equipe não deve desistir de um lead ao não ter sucesso nas primeiras ligações.

Depois de conseguir o primeiro contato, sua equipe de pré-atendimento pode passar a bola para os corretores. E então, o fluxo de cadência serve para entender a posição do lead na negociação e planejar follow ups para os possíveis clientes.

Como estruturar um fluxo de cadência?

Conheça os elementos fundamentais para a boa estruturação de um fluxo de cadência:

Número de tentativas: quantidade de vezes que o corretor ou SDR (pré-venda) deve entrar em contato com o lead. Depois da realização do número máximo de tentativas, em vez de descartar o lead, é uma boa prática registrá-lo como uma tarefa futura e tentar retomar contato mais para frente.

Canais de contato: os meios de comunicação mais utilizados para entrar em contato com o cliente no mercado imobiliário são ligações telefônicas, whatsApp e, em último caso, e-mail.

Espaço entre as tentativas: o período entre as tentativas de contato com o prospect. Seu SDR fará uma ligação para o mesmo prospect de dois em dois dias? Ou ele ligará em um dia e mandará um whatsApp no outro? É preciso estruturar essas tentativas de contato.

Conteúdo da conversa: o que seu SDR  ou corretor vão falar quando o lead atender? É sempre importante lembrar que a equipe de que o primeiro contato não possui objetivo comercial. Ele é feito para, primeiramente, entender as necessidades dos clientes. Lembre-se bem de realizar as vendas consultivas!

Gestão imobiliária

Podemos definir a gestão imobiliária como um grupo de práticas, técnicas e ferramentas que permitem à incorporadora, construtora, loteadora ou imobiliária captar clientes e converter leads, além de aumentar a carteira de produtos e qualificar o atendimento final.

Se realizada de forma assertiva, uma boa gestão imobiliária possibilita efetivar tudo isso e ainda reduzir custos operacionais à medida que a lucratividade sobe.

Mas o que isso tem haver com captação de leads? Sua gestão de leads pode ser totalmente descomplicada com um CRM que pode ajudar sua imobiliária a ter mais organização e facilidade para converter leads.

O alto volume de leads que cada corretor recebe exige um controle mais preciso dos contatos. Assim, a comunicação com os corretores através de um sistema de gestão de vendas é ideal para evitar que eles se percam utilizando planilhas ou anotações em agenda.

Em uma construtora que possui ótimas campanhas de marketing, mas não planeja a integração com o time de vendas, talvez a equipe comercial pode não dar a atenção necessária ou esquecer de contatar um lead. Assim, várias oportunidades reais de venda são desperdiçadas, comprometendo o retorno do investimento em marketing.

Além disso, não é incomum que gestores tenham problemas com a rastreabilidade de vendas. Ou seja, eles possuem dificuldade em identificar a origem de um cliente e, por isso, não sabem dizer qual estratégia está trazendo mais resultados para a construtora.

Geralmente, um CRM que faça integração com plataformas de marketing é a ferramenta ideal para auxiliar ao longo deste processo. Assim, os leads gerados em plataforma de marketing são automaticamente enviados para um CRM, onde a equipe de pré-atendimento distribui esses leads aos corretores rapidamente.

Por isso, todo o controle e interações com o cliente são registradas no CRM, permitindo que o corretor saiba exatamente em qual etapa do funil de vendas o cliente está. Dessa forma, é possível tomar decisões assertivas e aproveitar todas as oportunidades para transformar contatos em vendas.

Além disso, o CRM proporciona relatórios que ajudam o gestor, com o objetivo de cruzar diversos dados disponíveis sobre o mercado imobiliário e o negócio em questão, de forma organizada e centralizada para que construtoras, imobiliárias e loteadoras tomem decisões assertivas, estruturadas e rápidas.

Solução tecnológica

No mercado, você encontra diversas soluções tecnológicas específicas para o mercado imobiliário, porém a maioria delas não oferece uma adaptação aos processos das empresas. Por isso, é importante ter em mãos um bom app mobile que se adapte aos processos da empresa (etapas, status, fluxos e responsáveis) e que ainda permite gerir todo o processo de vendas digital: da abertura até o fechamento da venda. Nesse sentido, nos dias de hoje, é imprescindível contar com uma ferramenta tecnológica que atue como um “plus” na gestão imobiliária.

Sem dúvida o App Facilita é a melhor ferramenta disponível no mercado! Sabia que ele é o primeiro aplicativo do mercado imobiliário com todo processo de vendas 100 % digital, que agiliza e descomplica processos de vendas, rompendo com as limitações da construtora e incorporadora e proporcionando uma nova forma de vender imóveis com a gestão digital completa das vendas?

Por exemplo, com a solução, o corretor pode enviar propostas através do app junto com fotos de documentos e outros anexos.

O app Facilita é uma ferramenta de gestão imobiliária que auxilia de forma descomplicada a gestão comercial, trazendo soluções para as maiores dificuldades de gestão enfrentadas pelas incorporadoras, construtoras, loteadoras e imobiliárias.

A sua proposta é justamente transformar os negócios imobiliários possibilitando mais controle aos gestores comerciais e mais autonomia aos corretores de imóveis. Além disso, outro foco da ferramenta é, mais do que encantar o cliente, construir uma relação sólida de confiança para a realização de um sonho.

Notou como o App Facilita é imprescindível para uma gestão imobiliária de sucesso na era digital? A solução vem para romper com as limitações e proporcionar uma forma de vender imóveis com a gestão digital completa das vendas facilitando o trabalho de gestores e corretores. Deseja descomplicar? Então, não deixe de consultar nossos planos para construtoras ou imobiliárias agora mesmo!

Continue Reading

Dicas

O que é ERP?

Published

on

Se você não sabe o que é um ERP, provavelmente a sua incorporadora precisa dar um upgrade na organização e gestão da rotina de trabalho. Isso porque, uma empresa do ramo imobiliário só tem a ganhar com a utilização de um ERP, pois ele é um sistema projetado para integrar as principais áreas de negócios, centralizando as informações em apenas um lugar. Quer saber mais sobre o assunto? Acompanhe neste artigo!

Sobre a aplicação do ERP

A sigla ERP vem do inglês “Enterprise Resource Planning”, no mercado imobiliário, essa ferramenta é responsável pelo planejamento dos recursos da incorporadora, construtora, loteadora ou imobiliária. De modo que, ele é utilizado para fazer a gestão administrativa, financeira, contábil, de pessoas, compras, etc. Nesse sentido, funcionam como soluções informatizadas de gestão de processos organizacionais, especialmente processos financeiros como contas a pagar, emissão de notas fiscais e planejamento.

O objetivo do ERP é integrar os dados da empresa de modo que todos os setores sejam alimentados com informações estratégicas ao mesmo tempo, reduzindo desperdício de energia no compartilhamento de dados e tornando a construtora mais ágil na tomada de decisão.

Economia de tempo e dinheiro

É comum as empresas ficarem com pé atrás na contratação do ERP por acharem que o custo é muito alto, mas a longo prazo é um investimento e tanto, veja algumas vantagens:

  • Integração do conhecimento organizacional, tornando os processos mais fluidos;
  • Redução de custos devido à estruturação de processos feita pela utilização do ERP;
  • A otimização de processos para aumentar a produtividade da equipe;
  • Acompanhamento do que foi planejado, mantendo o alinhamento estratégico;
  • ERP permite análise de dados gerais da empresa, o que auxilia na tomada de decisões.

Gestão tecnológica 

As empresas que apostam em tecnologia para organização, estratégia e controle podem se adaptar melhor ao novo comportamento do consumidor, proporcionando uma melhor experiência aos clientes.

É nesse cenário que a tecnologia tem atuado como um meio essencial de facilitar a comunicação com o cliente, organizar as diversas informações que o corretor tem disponível e ainda oferecer para o gestor o meio de ficar mais próximo de todo o sistema operacional da construtora. Com isso, destacam-se duas ferramentas essenciais para aumentar a produtividade e consequentemente as vendas: o ERP (Enterprise Resource Planning) e CRM (Customer Relationship Management).

Integração com o ERPs

Existem no mercado imobiliário diversas opções que facilitam a gestão. Por isso, o App Facilita, organiza toda a sua gestão de vendas e possui integração com os melhores ERPs.

A segurança de Sienge e UAU , ERPs amplamente utilizados no mercado imobiliário, é integrada à mobilidade e praticidade do nosso app. A integração dos dois sistemas é mais do que necessária, já que o gestor precisa ter o controle total de todas as etapas e diferentes formas de vendas. Além de permitir esse controle, a integração alavanca a produtividade da equipe de vendas.

ERPs para construtora

A integração entre ERP e CRM traz mais produtividade e menos custos! Como já mencionamos neste artigo, ERP é um software de gestão empresarial. Por isso, construtoras e loteadoras podem usar como um sistema de gestão integrada, responsável pelas rotinas administrativas, financeiras e operacionais da sua empresa.

Com a integração não será preciso acompanhar a disponibilidade na planilha, fazer reservas manuais ou digitar informações de contrato. Assim a construtora economiza tempo, mão de obra e pode aproveitar melhor seus investimentos!

No próximo post você vai entender melhor como essa parceria de sucesso entre ERP e CRM pode tornar seu processo de vendas mais eficiente. Confira AQUI!

Continue Reading

Dicas

Parceria de Sucesso: ERP e CRM

Published

on

Você que já tem conhecimento sobre CRM, já imaginou como seria a integração dessa ferramenta atuando junto a um ERP? Saiba que uma parceria entre ERP e CRM vai muito além de aproveitar os benefícios individuais de cada sistema, é uma troca de informações que ocorre naturalmente e melhora a performance da sua empresa. Quer saber como saber mais sobre o assunto? Acompanhe a seguir!

ERP + CRM

  • ERP – Visa conectar fluxos informacionais da empresa: Possibilita entender melhor a jornada do consumidor e assim desenvolver técnicas de vendas mais eficazes no que tange a captação e conversão de clientes.

Melhora o relacionamento com clientes e leads, criando o ambiente ideal para manter esses relacionamentos por muito mais tempo.

  • CRM – Visa melhorar a performance da equipe de vendas: torna os processos mais fluidos e eficientes, eliminando os gargalos burocráticos e padronizando processos, garantindo assim maior qualidade no atendimento ao cliente. Provê todos os setores com informações estratégicas ao mesmo tempo, tornando sua empresa mais ágil na tomada de decisão.

Com a organização que o ERP oferece é possível controlar a gestão empresarial com mais eficácia e otimização do tempo, processos e consequentemente fechar mais negócios.

Se você pretende profissionalizar a gestão de suas vendas de uma vez só, integrar seu ERP com um CRM imobiliário é essencial. Isso porque, enquanto você organiza todos os processos, também torna o relacionamento com seus leads e clientes bem mais caloroso e interessante. Outro ponto são as vantagens de se usar uma plataforma baseada em computação na nuvem, diminuindo custos e aumentando a flexibilidade de utilização.

A integração entre esses dois sistemas agiliza o fluxo de informações, por exemplo, entre o comercial, secretaria de vendas e departamento financeiro, ampliando a visão gerencial da empresa, pois os dados e indicadores de desempenho de vendas podem ser compartilhados com a gestão estratégica, dando uma visão estratégica mais clara para os gestores.

ERP e CRM são dois tipos de sistemas distintos, mas que se complementam. Sabemos que, não basta fazer a implementação das tecnologias, mas ajustar a cultura da empresa, organizar os processos e preparar as pessoas para utilizá-las são tão importantes quanto a adoção de ferramentas para melhorar a gestão.

Homologação integrada com ERPs

O App Facilita tem integrações homologadas com os principais ERPs do mercado imobiliário: UAU e Sienge.

A homologação garante que a integração seja reconhecida e autenticada pelo App Facilita e empresas responsáveis pelos ERPs. Conheça os benefícios da integração:

  • Dados em um só lugar: com a integração do Facilita com os ERPs, os gestores conseguem controlar a disponibilidade e reservas de unidades pelo espelho de venda digital.
  • Disponibilidade de unidades atualizada: os corretores podem ver a disponibilidade atualizada e integrada com o ERP pelo smartphone. Gestores fazem todo o gerenciamento pelo app ou painel web, a qualquer hora e em qualquer lugar.
  • Reservas na palma da mão: chega de ligações, e-mails e mensagens no whatsapp. Deixe que corretores reservem unidades de forma rápida pelo app. Evite vendas duplicadas e perda de oportunidades com atualizações em tempo real!

Torne seu processo mais eficiente e venda mais rápido! 

Saiba mais sobre a aplicação do ERP junto a ferramenta de vendas pode auxiliar incorporadoras, construtoras, loteadoras e imobiliárias a aperfeiçoarem a gestão de suas equipes de vendas e aumentarem seus resultados.

Acompanhe esse vídeo preparado pela nossa Coordenadora de Marketing, Ana Maria, e veja como é simples e fácil a vendas de imóveis no App Facilita:

Solicite uma demonstração e conheça mais sobre o App Facilita AQUI!

Continue Reading

Trending

Copyright © 2022 Facilita.