Lançamentos crescem 49,6% em novembro, aproximando 2019 de patamar recorde

Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter

A Abrainc divulgou esta semana, por meio de um indicador mensal, que em novembro de 2019 foram lançadas 11.340 unidades, volume que corresponde a um aumento de 49,6% em relação ao mesmo mês de 2018.  

Com essa quantidade, 2019 acumulou, até novembro, um volume de 92.558 unidades lançadas, um crescimento de 10,7% em relação ao período anterior. O total é tão positivo, que dependendo dos números de dezembro, o ano pode bater um recorde de lançamentos.

Confira o gráfico disponibilizado pela Abrainc:

Quantidade de vendas também aumentou

As vendas de novembro totalizaram 11.357 unidades (aumento de 0,8% em relação às vendas de novembro de 2018), com 103.408 unidades vendidas até novembro (queda de 1,1% em relação ao mesmo período de 2018).

Nos últimos 12 meses, os lançamentos e vendas de imóveis novos totalizaram, respectivamente, 109.323 e 103.408 unidades, correspondendo a um aumento de 12,3% em unidades lançadas e uma queda de 1,7% nas vendas de imóveis.

Esse número mostra que ter um crescimento na quantidade de lançamentos não significa que as suas vendas vão aumentar na mesma proporção. Afinal, ainda é preciso oferecer um atendimento ágil, eficiente e sem burocracia para seus clientes finais.

Entretanto, mesmo com uma pequena queda nas vendas, o mercado imobiliário saiu com um extrato positivo. Isso porque a quantidade de distratos de imóveis diminuiu ao longo ano. Segundo a Abrainc, o mercado imobiliário teve uma queda de 33,5% nos distratos em relação ao período anterior.

Tipos de empreendimentos

Quando falamos sobre tipos de empreendimentos, 78,8% dos lançamentos e 69,8% das vendas totais realizadas são de produtos MCMV. O segmento superou em 20,2% o volume de lançamentos e as vendas MCMV avançaram 3,1% em relação ao período anterior.

Os segmentos de Médio e Alto Padrão também se destacaram em 2019, sendo responsáveis por 21,2% das unidades lançadas e 30,2% das vendas do período.

Confira os gráficos disponibilizados pela Abraic:

Os dados divulgados pela Abrainc confirmam o otimismo para o mercado imobiliário em 2020, mas mostram o quanto é importante que construtoras, incorporadoras, loteadoras e imobiliárias invistam em uma gestão mais eficiente.

O crescimento do número de lançamentos não é o bastante para sua empresa ter bons resultados. Em primeiro lugar, é preciso oferecer mais liberdade e autonomia para seus corretores, assim como ter mais controle dos processos, atendimentos e das estratégias da sua construtora.

Nesta semana, o Comitê de Política Monetária do Banco Central anunciou uma redução anual dos juros da economia brasileira, de 4,5% para 4,25%. O que possui impacto direto no mercado imobiliário. Já que, segundo a Abrainc, a cada redução de 1% nos juros do financiamento, cerca de 2,8 milhões de família se tornam elegíveis ao crédito.

A Árbore Engenharia, uma das 100 maiores construtoras do país, é um ótimo exemplo de uma empresa que desburocratizou seu complexo processo de vendas MCMV. Com uma venda 100% digital,  sua equipe comercial oferece um atendimento de excelência para mais de 21.000 leads. Conheça essa história de sucesso!

Equipe Facilita
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter

Veja mais posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

app Facilita Blog © 2019. Todos os direitos reservados.