Conecte-se conosco

Dicas

Lançamento digital de imóvel: checklist para organizar o seu

Publicado a

I

O processo de vendas do mercado imobiliário teve algumas mudanças e adaptações, principalmente no que diz respeito aos lançamentos imobiliários durante a pandemia. 

Construtoras migraram algumas de suas estratégias para os canais digitais, pois o mercado já está preparado e espera por novas opções de lançamentos. A estratégia para se sair bem nesse novo formato de vendas se tornou uma tendência no setor, tendo em vista a facilidade para clientes e incorporadoras.

Entretanto, o novo modelo ainda gera muitas perguntas sobre como fazer esse lançamento digital. Quais são os passos para realizar um lançamento digital? Como engajar a equipe comercial? É possível digitalizar todas as pontas do processo?  Preparamos um passo a passo baseado na experiência dos nossos clientes para te ajudar a entender melhor sobre esse processo. Aproveite e baixe um checklist gratuito! Confira:

Como organizar a etapa de pré-lançamento?

Estratégias de marketing digital

O primeiro passo para realizar um lançamento digital de imóvel é apostar em estratégias de marketing digital, ou seja, gerar leads interessados no seu empreendimento. Isso significa divulgar materiais de venda, segmentar a comunicação e criar campanhas digitais.

Nada de distribuir manualmente os leads captados nas campanhas. Os leads devem ser distribuídos de forma automatizada, para uma equipe de pré-atendimento ou house, que consiga realizar um primeiro contato rápido. Esse processo faz toda diferença no atendimento ao cliente!

Para isso, você já deve saber, sua equipe comercial precisa ter todas as informações do empreendimento na palma da mão: descrição do imóvel, imagens de publicidade, informações sobre valores e plantas do empreendimento. É aqui que entra o meeting digital!

Meeting digital para corretores

O meeting é um evento exclusivo para corretores, onde são explicados detalhes do lançamento e os diferenciais do empreendimento. É o momento, por exemplo, para compartilhar materiais de publicidade, falar sobre a comissão e a dinâmica da venda em sua incorporadora.

A versão digital do meeting não é muito diferente: é possível reunir corretores pelo Zoom ou em uma live privada do Youtube para explicar o processo de vendas, tirar as dúvidas, dar dicas e apresentar ferramentas utilizadas no dia a dia.

Importante: além de fornecer informações para os corretores, faça o máximo para engajá-los no lançamento.

Materiais de venda digital

Uma coisa é certa: quando o lead se interessa pelo empreendimento, ele chegará até o corretor com muitas perguntas e busca por informações rápidas. E essa é a importância de preparar seu time comercial com informações, arquivo, materiais de venda do empreendimento e tabela de vendas sempre atualizada. 

O material de venda pode ser composto por imagens, vídeos, tour 360, ficha técnica, tabela de vendas, memorial descritivo, planta do imóvel, manuais e comunicados internos. Para resumir: é muita coisa para mandar por e-mail ou Whatsapp. Principalmente quando se trata da tabela de vendas que está sempre sendo atualizada. É fundamental que os corretores tenham todos os materiais atualizados e disponíveis na palma da mão, evitando desgaste com os clientes por informações incorretas.

Neste sentido, centralizar materiais de venda, ou seja, colocá-los em um local onde todos os corretores tenham a mesma visão é a melhor coisa a se fazer. Assim, se tiver alguma atualização, não será necessário reenviar o novo material para todos os corretores.

Eficiência no atendimento dos leads pelo CRM

O perfil do Para ter sucesso nas abordagens comerciais,  é essencial atender os leads rapidamente. Um estudo da The Lead Responde Management Study aponta que ligar para o lead em até 5 minutos aumenta em 100x a chance de conexão, se comparado a ligar 30 minutos depois.

Por este motivo, esteja sempre acompanhando se a equipe está realmente atendendo os leads, se estão evoluindo no funil e se tem algum corretor desqualificando leads sem justificativa. Lembre-se que o atendimento vai influenciar diretamente no ROI das suas campanhas de marketing.

Montagem de pastas digitais

No meeting também é importante deixar claro para o time comercial como será a montagem das pastas digitais, que vão determinar a quantidade de pessoas interessadas no empreendimento.

Os principais pontos para definição são:

– Quais documentos dos clientes serão solicitados pelos corretores;
– Período para a montagem de pastas digitais;
– Definição de outras condições para criação das pastas (algumas construtoras pedem sinal financeiro);
– Como funcionarão as filas para reservas de unidades.

Neste ponto, também é importante centralizar o canal para o envio dos documentos. Afinal, com tantas unidades e corretores envolvidos, fica muito fácil se perder em mensagens do Whatsapp ou e-mails.

E quando as vendas abrirem?

Aprovação das pastas digitais

Chegou o dia de abrir as vendas do seu lançamento digital! O primeiro passo da abertura de vendas é conferir as informações e documentos dos clientes para aprovação da pasta. Além da análise, a secretaria de vendas entra em contato com o cliente para confirmar o interesse. Se tudo estiver certo, a pasta digital é aprovada.

Reservas de unidades

É muito comum no mercado que uma unidade seja reservada com a aprovação da pasta digital. E como controlar reservas de forma manual é muito complicado, use um espelho de vendas digital para evitar reservas duplicadas. Lembrando que as reservas são feitas por ordem de aprovação das pastas.

Envio de propostas

Com a reserva da unidade realizada, os corretores retomam o contato com o cliente para criar a proposta de compra do imóvel. Isso consiste em passar documentos que possam ter faltado na montagem da pasta ou até mesmo enviar documentos de um 2º proponente.

Depois disso, é só definir a melhor forma de pagamento. Se quiser oferecer mais autonomia para corretores nessa etapa da venda, aposte em um simulador de propostas, que permita a simulação de fluxos diferentes da tabela de venda.

Assim que for enviada a proposta pelo corretor, o gestor deve confirmar todos os dados e informações de pagamento e, se tudo estiver dentro das regras estabelecidas, a proposta pode ser aprovada e enviada para a geração de contrato.

Assinatura digital de contrato

A assinatura digital permitiu que incorporadoras continuassem fechando negócios durante a pandemia. E, com toda a facilidade e segurança que trouxe, acabou se tornando uma opção muito bem aceita e desejada por consumidores e incorporadores.

É importante deixar claro que, além da agilidade no fechamento da venda, a assinatura digital oferece uma experiência mais prática para o novo consumidor, além de ser válida juridicamente, oferecer mobilidade e reduzir a burocracia.

Como analisar os resultados do lançamento digital?

Quando todas as unidades são vendidas e o lançamento digital é finalizado, é necessário analisar os resultados de marketing e vendas, para verificar os pontos fortes e frágeis do processo.

Origem das vendas

Qual é o canal que mais gerou vendas para sua incorporadora? Analise todas as estratégias de captação: campanhas digitais, indicações, leads de corretores autônomos, estratégias offline e etc. Veja qual ação funcionou melhor para o seu público!

Taxa de conversão

Dos leads que entraram em seu CRM, quantos se tornaram vendas? Essa é uma taxa essencial para verificar o desempenho dos seus esforços de marketing e venda. A taxa do mercado imobiliário gira em torno de 2% a 4%. Se a sua taxa estiver abaixo do mercado, será preciso investigar os gargalos no seu processo.

Porcentagem de VGV

O VGV é calculado logo no planejamento do empreendimento, para verificar a viabilidade comercial do projeto. Sendo assim, após o lançamento digital, é importante verificar quantas unidades foram vendidas e quais foram os motivos das variações nos valores.

Atendimento da equipe

É importante verificar se o follow-up está sendo feito corretamente e se os leads não estão esquecidos no funil de vendas. Lembre-se que grande parte das vendas realizadas podem ser de leads antigos, o que torna ainda mais importante a nutrição dos prospects.

Vendas por equipe

Se você é de uma incorporadora que trabalha com imobiliárias ou corretores parceiros, essa é uma ótima métrica para se aproximar das parcerias que mais trouxeram resultados em seu lançamento digital. Esses times podem ser ótimos aliados em projetos futuros.

E se alguns leads preferirem uma visita presencial?

Mesmo que a proposta do lançamento digital seja diminuir o contato físico com cliente, a ideia é que os corretores adotem um modelo misto de visita ao empreendimento, com visitas online e presenciais.

É possível fazer uma visita virtual com clientes, por meio de videoconferência e compartilhamento da tour virtual, imagens e vídeos de divulgação. O bate-papo também pode ser aproveitado para tirar as dúvidas sobre o imóvel.

Mas se o prospect quiser avançar na negociação e fazer uma visita presencial, corretores podem agendar visitas para mostrar o decorado. Isso significa que as visitas online não substituem as visitas presenciais, mas podem funcionar bem para um primeiro contato.

Lançamento digital na prática

Para conseguir realizar um lançamento digital, é preciso se preparar com antecedência e ir implantando uma cultura digital gradual na rotina da sua equipe.

O projeto precisa de líder atuante, responsável por planejar e acompanhar o lançamento, sempre buscando melhorias. Lembre-se que os processos também devem estar alinhados e as ferramentas precisam ser simples de usar.

Esse é o tripé da cultura digital: processos, pessoas e tecnologia. Exemplo disso, foi o lançamento digital da Opus, construtora de alto padrão, que vendeu 90% das unidades em sete dias. Para atingir esse resultado, foi preciso digitalizar o compartilhamento de materiais de venda, montagem de pastas e reservas.

A Idealiza é outra incorporadora que realizou seu primeiro lançamento digital, desde o meeting com corretores, consulta a materiais e tabelas de venda, cadastro de leads, até o envio de documentos e reservas.

Com o processo de vendas digital, o Aires de Plaza, empreendimento de alto padrão com 64 unidades, contou com até 115 reservas, quase o dobro de demanda para o empreendimento. Confira o case completo abaixo!

Agora que você já conferiu o passo a passo de um lançamento digital, baixe o checklist gratuito para colocar em prática tudo o que viu no artigo:

Precisa de apoio para planejar seu próximo lançamento? Planeje seu lançamento junto com um de nossos especialistas, clique AQUI. Vamos juntos movimentar o mercado imobiliário!

Continue lendo
Clique aqui para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Dicas

Perfil de um corretor de imóveis: conheça os principais tipos e descubra qual é o seu

Publicado a

I

Você já parou para pensar como cada corretor de imóveis têm um perfil diferente? É bem comum que os profissionais, conforme ganham experiência na área, desenvolvam as suas próprias técnicas de vendas.

Cabe lembrar que não existe certo ou errado nesse momento. Desde que não fira os parâmetros éticos da profissão, cada profissional pode usar as táticas que julgar mais interessantes para prospectar clientes e fechar bons negócios.

A ideia deste artigo é apresentar alguns perfis de corretores de imóveis mais comuns, para que você consiga identificar o seu. Gostou da ideia? Então, continue com a gente!

Curiosidades sobre a profissão de corretor de imóveis

Antes de descobrir em qual perfil de corretor você se encaixa, é interessante saber sobre algumas curiosidades da profissão.

No Brasil, a profissão de corretor de imóveis é regulamentada pela Lei nº 6.530/78, sancionada ainda no ano de 1978, pelo então presidente Ernesto Geisel. 

Apesar disso, a profissão é ainda mais antiga, pois, de acordo com registros, o primeiro Sindicato de Corretores de Imóveis do Brasil surgiu em 1937.

Hoje em dia, para trabalhar na área, o profissional deve ser formado no curso Técnico em Transações Imobiliárias ou ter cursado graduação tecnológica em Ciências Imobiliárias ou Gestão de Negócios Imobiliários.

Além disso, para atuar de forma legal, o profissional deve se credenciar no Conselho Regional de Corretor de Imóveis (Creci) da região em que trabalha.

Segundo informações do Cofeci-Creci, atualmente, há 389,4 mil corretores de imóveis credenciados no Brasil. Já o número de imobiliárias é 48,8 mil. 

Outra curiosidade interessante é que a profissão de corretor de imóveis tem como símbolo um colibri. Esse pássaro é conhecido por lutar pela sobrevivência e por ser um intermediador da natureza.

9 perfis de um corretor de imóveis

Agora que você conhece algumas curiosidades sobre a área, chegou o momento de descobrir qual é o seu perfil de corretor. Veja, a seguir, alguns dos principais deles e analise em qual você acredita se encaixar.

1. O que conhece muito bem a oferta

Esse tipo de corretor de imóveis é aquele que estuda bem os imóveis e sabe responder todos os questionamentos dos clientes.

Usar a tecnologia a favor é uma boa forma de adotar esse perfil, tendo em vista que as plataformas digitais podem reunir todas as características dos imóveis no mesmo espaço.

2. O que respeita o tempo do cliente

Vender é praticamente uma arte, principalmente quando estamos lidando com itens de alto valor, como os imóveis.

Por isso, não é recomendado que os corretores sejam muito ansiosos ou afobados para fechar vendas. Esse tipo de profissional, que respeita o tempo do cliente, costuma ser bem-sucedido, já que sabe como e quando agir.

3. O amigo de todo mundo

Ter simpatia e atender a todos com cordialidade é muito importante em qualquer relação de compra e venda. Por isso, ser um corretor amigo de todo mundo tem o seu lado positivo.

O que não pode acontecer é “forçar” uma amizade com o cliente, principalmente se perceber que a pessoa é mais reservada. Deve-se ter cuidado para manter a relação sempre profissional, mesmo que você busque agradar o interessado em comprar ou alugar imóveis.

4. O que não para de falar

O corretor que não para de falar não costuma ser bem-sucedido nas vendas. Isso se justifica porque a pessoa “tagarela” demais acaba assustando o cliente.

Pode-se passar a ideia de que você está querendo “empurrar” os imóveis para os clientes, sem buscar conhecer a fundo as necessidades deles. Por isso, tome cuidado!

5. O novato

O corretor novato é aquele que está começando na área agora e ainda não tem muita experiência na área.

Para ter sucesso na profissão, recomenda-se que esse perfil tenha sempre um profissional mais experiente que atue como uma espécie de mentor. 

6. O bem-sucedido

Esse tipo de corretor é aquele que cuida muito bem da aparência, se veste de forma elegante, fala de maneira bastante formal e passa um ar de entendido e empoderado.

Para quem tem esse perfil, o único cuidado que deve ser tido é evitar os exageros para não afugentar os clientes com menor poder aquisitivo. Se você atende o mercado de imóveis de luxo, no entanto, tem tudo para conseguir excelentes resultados.

7. O moderninho que entende de tecnologia

O corretor moderninho é aquele que está sempre de olho nas novas tecnologias que podem ser incorporadas para facilitar o seu trabalho. 

Para isso, usa ferramentas como o WhatsApp, site profissional, o app Facilita, entre outros recursos.

8. O que gosta de estudar

O corretor que gosta de estudar, sem dúvida, tem grandes chances de se tornar um profissional reconhecido no mercado.

Afinal, dominar novas técnicas de vendas, marketing e persuasão é sempre importante para conquistar os clientes e conseguir fechar bons negócios.

9. O que cria network

Assim como acontece em todas as áreas, ter uma boa rede de contatos é essencial para o corretor de imóveis.

O profissional que tem esse perfil cria um bom network, sempre trabalhando as suas relações, para que consiga grandes oportunidades para fechar bons negócios.

E então, conseguiu identificar em qual perfil de corretor você se encaixa? É claro que esses estereótipos são apenas classificações mais gerais sobre os profissionais. 

A nossa ideia não é criar rótulos, mas sim fazer com que você trabalhe o autoconhecimento para ter mais sucesso profissional. Abrace as suas maiores forças e trabalhe naquilo que deseja mudar.

Além disso, o corretor pode ter mais de um perfil. Por exemplo, você pode ser um corretor “bem-sucedido e moderninho”. 

Na prática, você pode variar e moldar o seu perfil de corretor de imóveis, de acordo com as características de cada cliente.  Um consumidor de alto padrão, por exemplo, não tem os mesmos anseios que uma pessoa de classe média ao comprar um imóvel. Tudo isso precisa ser considerado.

Quer se aperfeiçoar ainda mais como profissional? Então, baixe agora o nosso Manual Prático para Corretores! Ele traz várias dicas e insights para você fazer boas vendas.

Continue lendo

Dicas

4 passos para fazer um script de vendas para a sua imobiliária

Publicado a

I

Vender imóveis é uma tarefa bem desafiadora, tendo em vista que os investimentos do cliente são altos, o que faz com que as pessoas sejam muito exigentes no momento da compra. Nesse sentido, ter um script de vendas ajuda muito a fechar negócios e aumentar a lucratividade da imobiliária.

Para saber mais sobre o assunto e conferir um passo a passo para fazer um script de vendas para a sua imobiliária, prossiga com a leitura!

O que é um script de vendas?

Script de vendas é um roteiro que conduz os clientes desde o primeiro contato com a imobiliária até a conclusão do negócio.

O documento está diretamente relacionado com cada uma das etapas do funil de vendas imobiliário e pode ajudar muito os corretores a terem sucesso nas negociações. 

Por que fazer um script de vendas para sua imobiliária?

O script de vendas para imobiliária é importante porque orienta cada uma das etapas do funil de vendas imobiliário.

Ao usar esse documento, aumentam as suas chances de fechar negócios, tendo em vista que os corretores não serão pegos de forma desprevenida.

Se um cliente entrar em contato por telefone, por WhatsApp ou até mesmo chegar de surpresa na imobiliária, o vendedor saberá como proceder, terá uma trilha para seguir e fechar os negócios.

4 passos para fazer um script de vendas eficiente

Agora que você já sabe mais sobre o que é um script de vendas e o porquê dele ser tão importante, vamos apresentar um passo a passo de como criá-lo para a sua imobiliária. Acompanhe!

1. Defina as etapas do processo de vendas

Para começar, você deve definir todas as etapas do processo de vendas da sua imobiliária ou construtora.

A primeira etapa pode ser a prospecção de clientes, feita por meio das redes sociais, mídia tradicional e outros meios publicitários.

Depois, vem a etapa de conversação com o cliente, relacionamento, visitas ao imóvel, apresentação das condições de pagamento, tiração de dúvidas sobre o contrato etc.

Vale lembrar que aqui não existe uma “receita de bolo”. Cada imobiliária pode ter etapas específicas no seu processo de vendas. Por isso, esse passo precisa ser muito bem pensado.

2. Tenha suas personas muito bem definidas

Uma vez que você listou todas as etapas do seu processo de vendas, é importante definir quem são as suas personas.

No marketing, personas são personagens semi fictícios que representam o cliente ideal. Você pode criá-las com base em entrevistas e observação de seus clientes reais.

Existe até mesmo uma ferramenta gratuita chamada “O fantástico gerador de personas”, criado pela Resultados Digitais e pela Rock Content, que pode ajudar muito nessa etapa.

Com personas bem definidas, você terá um melhor conhecimento das necessidades e dos anseios de seus clientes. De tal forma, poderá buscar meios para supri-los e conquistar mais vendas. 

3. Conheça muito bem o seu produto e o seu mercado

Também é importante que você conheça muito bem o seu produto e o seu mercado, para que todas as dúvidas dos clientes sejam esclarecidas no ato.

Sempre que um novo imóvel for colocado à venda, por exemplo, convém estudá-lo de forma minuciosa, para que você tenha todas as informações sobre ele na ponta da língua. Assim, você saberá responder prontamente os questionamentos dos possíveis compradores.

4. Armazene as suas informações e atualize-as com frequência

É claro que guardar todas as informações na cabeça é praticamente impossível, principalmente quando você trabalha com muitos imóveis e atende vários clientes por dia.

Por isso, é muito importante que você armazene as informações sobre os imóveis em uma espaço seguro e de fácil acesso. 

Com o app Facilita, por exemplo, você poderá ter acesso rápido a todas as informações dos empreendimentos, assim como materiais de vendas, plantas, vídeos, tours 360º e demais tipos de arquivos.

Também é importante que essas informações sejam atualizadas com frequência, para que nada desatualizado seja repassado aos clientes.

Exemplo de situação prática envolvendo o script de vendas para imobiliária

Com um script de vendas bem estruturado, a sua imobiliária poderá fazer mais vendas ativas e conquistar bons resultados. Veja, a seguir, um exemplo!

Vamos supor que um lead clicou em um anúncio nas redes sociais e solicitou atendimento via WhatsApp para saber mais sobre um imóvel. 

Nesse caso, pode ser enviada uma mensagem como a seguinte:

“Olá, [nome da pessoa]! Me chamo [nome do corretor] e falo da [nome da imobiliária].

Estou enviando esta mensagem em resposta à sua solicitação de contato.

Podemos marcar uma videochamada para que eu lhe apresente mais detalhes sobre o imóvel? Que horário fica melhor para você?

Aguardo o seu retorno!”

Caso a pessoa já responda a mensagem e dê uma opção de dia e horário para agendar a conversa, o corretor já pode colocar o compromisso na agenda, se preparar para o encontro e partir para a próxima etapa do script.

Se o prospect demorar mais de 24 horas para responder o contato, é indicado tentar novamente nos dias seguintes, antes de desistir da venda. Lembre-se que as pessoas têm rotinas muito corridas e que podem ficar sem tempo para responder no ato, o que não significa que tenham perdido o interesse no imóvel.

Com o passo a passo que apresentamos, fica fácil ter um bom script de vendas e fechar novos negócios na sua imobiliária. Coloque as nossas dicas em prática!

Para ter ainda mais sucesso na sua imobiliária, é interessante que as equipes de marketing e vendas atuem de forma integrada. Quer saber mais? Então, acompanhe o nosso webinar que trata sobre esse tema. Vale a pena assistir!

Continue lendo

Dicas

Como priorizar atividades sendo um gestor imobiliário?

Publicado a

I

Imagem de um homem de terno sentado em uma cadeira, de frente para uma mesa de escritório branca com um notebook em cima.

A rotina de um gestor imobiliário é muito corrida e você sabe bem disso, não é mesmo? Se o profissional não tem organização, tudo fica ainda mais difícil e isso afeta diretamente os negócios fechados.

Em alguns momentos, portanto, o gestor imobiliário precisa saber priorizar atividades, fazendo primeiramente aquilo que é mais urgente para a construtora ou imobiliária.

Trouxemos uma série de dicas sobre como priorizar tarefas, neste artigo. Quer conferir a nossa lista? Então, continue com a leitura!

Por que priorizar atividades é importante para um gestor imobiliário?

Antes de saber como priorizar atividades, é interessante saber mais sobre os motivos que justificam tal atitude ser tão importante para os gestores imobiliários.

Entre outras coisas, o gestor imobiliário deve engajar, motivar e desenvolver a sua equipe. Ele precisa estar à frente dos corretores e liderar a equipe pelo exemplo.

Se o gestor tiver dificuldades para organizar as suas atividades e atrasar as suas demandas, portanto, não estará sendo um exemplo positivo para os seus liderados.

Para aumentar a produtividade, saber priorizar tarefas é muito relevante. Uma pesquisa global, divulgada pela revista Exame, mostrou que 64% dos executivos têm prioridades conflitantes.

Isso comprova como a dificuldade de priorizar tarefas é algo comum nas empresas e ressalta a importância de reverter essa situação em sua construtora ou imobiliária. 

5 dicas para priorizar atividades sendo um gestor imobiliário

Elaboramos uma lista com as melhores dicas para os gestores imobiliários priorizarem atividades. Veja!

1. Fixe e planeje metas

Antes de tudo, é importante que você liste todas as tarefas da sua imobiliária ou construtora. A ideia é que se possa ter um mapeamento de todas as atividades que precisam ser executadas em determinado período.

A partir disso, fixe e planeje metas que devem ser cumpridas. Assim, você poderá ter uma melhor organização no escritório e conquistar mais resultados positivos na gestão do time de corretores.

O ideal é que você faça uma espécie de checklist com as ideias a serem resolvidas a cada dia, definindo um grau de importância.

O escritor Mark Twain tem uma frase que diz: “Se o seu trabalho consiste em engolir sapos, então, é melhor fazê-lo logo pela manhã”.

Ou seja, as atividades mais urgentes ou complexas devem ser priorizadas para que, depois, você tenha tempo para se dedicar ao que é mais simples.

2. Conheça bem a sua equipe

Para ter mais organização no setor imobiliário, também é importante que você conheça bem a sua equipe. Afinal, cada pessoa pode ter um método diferente para trabalhar e definir prioridades.

Você precisa conhecer as necessidades do time e buscar meios para saná-las. Ensiná-los sobre metodologias de organização e priorização de atividades, por exemplo, pode ser bem interessante.

Nem sempre as pessoas têm noção sobre a importância de ter uma rotina mais organizada. Por isso, esse conhecimento e as atividades educativas são tão relevantes.

3. Esteja aberto a ouvir os seus funcionários

O bom gestor é aquele que sabe ouvir os seus funcionários. Por isso, para saber como priorizar tarefas, convém saber também o que é mais importante para os colaboradores.

Se para os seus colaboradores é importante ter rápido acesso aos contratos de vendas e locação de imóveis, por exemplo, essa pode ser uma das suas primeiras atividades do dia.

Aqui é interessante analisar uma teoria levantada pelo estudioso Gareth Morgan, no livro “Imagens da Organização”.

Para ele, as organizações funcionam como um mecanismo, em que cada peça tem uma função específica para que o todo funcione bem.

Se uma peça para, tudo para. Por isso, para que a “engrenagem” não tenha nenhum problema, é importante que você esteja aberto a ouvir os seus funcionários, compreender as suas necessidades e buscar solucioná-las de forma eficiente, priorizando as tarefas de forma correta.

4. Utilize a tecnologia a seu favor

Usar planilhas de Excel já é algo ultrapassado! Esse recurso não deve mais ser usado como a única ferramenta para gerir uma imobiliária, principalmente quando se busca ter mais organização. 

Atualmente, o corretor de imóveis precisa ser digital e existem muitas ferramentas autônomas que podem ajudar nessa jornada.

O app Facilita, por exemplo, conta com um recurso em que os arquivos de materiais de venda, como fotos e vídeos dos imóveis, podem ser rapidamente compartilhados.

Dessa forma, se uma das suas prioridades como gestor é enviar rapidamente os materiais de venda para o seu time, investir nessa plataforma é uma excelente estratégia.

Outras ferramentas, como o Microsoft To Do também podem ser usadas. Nesse exemplo, você pode criar lembretes e deixá-los na tela inicial do seu celular. Assim, não corre o risco de esquecer as tarefas que devem ser feitas com prioridade. 

5. Conheça a sua carteira de clientes e suas necessidades

Assim como é importante conhecer os funcionários, também é importante conhecer bem os clientes do seu negócio.

Recentemente, uma pesquisa apontou que 6% das vendas de imóveis já são feitas de forma totalmente digital. Atender esse perfil de clientes, por exemplo, envolve necessidades específicas.

Entre outras coisas, as pessoas que compram pela internet querem fechar os negócios com agilidade. Se você demorar para enviar documentos e contratos, por exemplo, elas poderão acabar fechando negócio com a concorrência.

Logo, conhecer as necessidades dos colaboradores também é de suma importância para definir prioridades na gestão da imobiliária ou construtora. 

Siga as nossas dicas e saiba como priorizar atividades sendo um gestor imobiliário! Damos a certeza de que, com base nessas orientações, as suas rotinas serão ainda mais produtivas.
Para seguir se aperfeiçoando, não perca tempo e baixe agora mesmo o nosso e-book que fala sobre otimização e controle de disponibilidade de lançamentos imobiliários.

Continue lendo

Trending

Copyright © 2022 Facilita.

pt_BRPortuguese