Conecte-se conosco

Dicas

Qual a tendência do mercado imobiliário para os próximos anos?

Publicado a

I

tendência do mercado imobiliário para os próximos anos

A tendência do mercado imobiliário para os próximos anos é promissora. Isso é que mostra especialistas da área. Segundo eles, a previsão é que o setor imobiliário passe por uma virada em 2019, ou seja, o preço do metro quadrado vai, enfim, começar a subir e o segmento viverá uma recuperação ao longo dos anos.

Parte desse otimismo dos especialistas vem dos próprios números de 2018, que mostraram uma melhora significativa graças a dois fenômenos distintos: de um lado, a melhora da economia fez a demanda por imóveis subir e, em outro, ocorreu uma queda na oferta de novos empreendimentos, pois as incorporadoras passaram a construir menos, em meio à recessão.

Apesar das projeções positivas do mercado imobiliário em termos de vendas, se compararmos com outros nichos de mercado, a Transformação Digital na Construção Civil, no Brasil, para o setor segue em ritmo lento. E o principal motivo é a enorme burocracia, mercado em baixa, gastos altos, falta de investimento e questões políticas vivenciadas pelo país.

Nesse sentido, se a sua construtora, loteadora ou incorporadora deseja se manter competitivo no mercado imobiliário, é importante estar atento às novas tecnologias que estão surgindo, para estar preparado para lidar com os desafios e com as oportunidades que elas oferecem.

A seguir, entenda quais são as tendências do mercado imobiliário para os próximos anos em meio à transformação digital. Acompanhe:

Não relutar contra a realidade atual é uma grande tendência do mercado imobiliário para os próximos anos

Inicialmente, de acordo com o CEO do App Facilita, Glauco Farnezi, é primordial para sobrevivência das empresas no mercado imobiliário atual não tentar relutar contra uma realidade atual.

Farnezi explica que existe um mundo encantado de inovação com tecnologias inovadoras, como: chatbot, IA, blockchain, drones, realidade virtual. “Entretanto, é primordial ter uma preocupação: não ficar somente nessa realidade paralela e sem conseguir aplicar essa tecnologia”, completa.

O CEO do App Facilita aconselha a utilização do conceito de Minimum Viable Product ou Mínimo Produto Viável (MVP). “Por exemplo, se você encontrar uma tecnologia bacana e que a inovação seja aplicável, inicia-se, de forma simplificada, um processo de MVP”.

Segundo ele, o ideal é dar início em projeto 1.0: executar aquele projeto, ver quais melhorias podem ser aplicadas e vai rodando aquele ciclo do PDCA – executar, identificar pontos de melhoria e melhorar. Isto otimiza automaticamente o nível de inovação e complexidade, explicou.

Ele também conta que o recomendado é iniciar simples para depois chegar em um sonho de consumo de todos, onde todo o processo é automatizado, mais fluído e simples.

Mobilidade + comodidade

“Uma outra tendência do mercado imobiliário para os próximos anos é a dupla: mobilidade + comodidade, que são fundamentais para criar novos modelos”, aponta Farnezi. Ele cita, como exemplo, a Whatsapp, que, hoje, é uma ferramenta de comunicação inovadora e revolucionária.

“De fato, ele conseguiu revolucionar, mas, se voltarmos há alguns anos, tivemos o mIRC da década de 90. Depois, teve o ICQ, Skype. Nesse sentido, a realidade existente é das pessoas querendo se comunicar entre si. Porém, os modelos anteriores exigiam um computador ou, no caso do SMS, pagar alguma quantia em dinheiro. Ou seja, não tínhamos a facilidade do mobile na palma da mão e não tinha a comodidade para se criar um grupo discussão”, exemplifica.

A realidade existente sempre vai continuar em vários aspectos, em vários modelos de negócios, mas a grande questão é: criar novos modelos melhores e mais eficientes com mais mobilidade e mais comodidade. Assim, consequentemente, os modelos anteriores se tornam obsoletos.

“Dessa forma, é muito importante no mercado de inovação e tecnologia é não querer mudar o ecossistema existente, mas criar um novo modelo, que continue tendo compra e venda de imóveis, corretores e clientes. Porém, em uma dinâmica mais simples”, detalha o CEO do App Facilita.

Mas, como? Continue lendo para entender melhor:

A importância de soluções digitais para a sobrevivência no mercado imobiliário

Como já foi citado anteriormente, no início do artigo, já existem tecnologias disponíveis para  o mercado imobiliário, como: chatbot, IA, blockchain, drones e realidade virtual, por exemplo.

Porém, não falamos que, no mercado, você encontra diversas soluções tecnológicas específicas para o mercado imobiliário. Porém, a maioria delas não oferece uma adaptação aos processos das empresas.

Por isso, é importante ter em mãos um bom app mobile que tenha o funil de vendas totalmente adaptável com o processo de vendas de construtoras, loteadoras ou mesmo incorporadoras. Fique atento, poucos sistemas permitem essa adaptação com o processo de vendas da empresa.

Nesse sentido, nos dias de hoje, é imprescindível contar com uma ferramenta tecnológica que atue como um “plus” na sua gestão imobiliária. Por exemplo, com uma boa solução, é possível que o corretor envie propostas através do app ou portal do corretor. Além dos dados da proposta, ainda permita também enviar fotos de documentos e outros anexos.

Uma boa ferramenta digital para gestão imobiliária precisa auxiliar de forma eficaz, simples e rápido a gestão comercial, trazendo soluções para as maiores dificuldades de gestão enfrentadas pelas construtoras.

A sua proposta precisa ser justamente transformar os negócios imobiliários possibilitando mais controle aos gestores comerciais e mais autonomia aos corretores de imóveis.

O que achou do conteúdo de hoje sobre a tendência do mercado imobiliário para os próximos anos? Gostou? Então, não deixe de acessar o nosso artigo sobre como a tecnologia e a inovação impactam nas vendas do mercado imobiliário!

Continue lendo
1 Comment

1 Comment

  1. joel jordao ramos

    4 de julho de 2019 at 14:45

    Interessante este assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dicas

8 dicas para estruturar o setor de vendas da sua construtora

Confira um passo a passo que vai ajudá-lo a estruturar o setor de vendas da sua construtora para otimizar os resultados conquistados.

Publicado a

I

Por melhores que sejam os empreendimentos da sua construtora, você precisa estruturar um setor de vendas eficiente para proporcionar uma melhor experiência para consumidores e agilizar seu ciclo de vendas.

Essa estruturação permite a evolução dos atendimentos do seu time comercial, evitando que leads sejam desperdiçados ou que o processo de compra seja lento e burocrático não apenas para clientes, mas também para sua construtora.

Mas como estruturar o setor de vendas? Neste artigo veremos algumas dicas pontuais que vão guiá-lo ao longo da criação do seu processo comercial.

8 passos para estruturar o setor de vendas da sua construtora

Estruturar o setor de vendas parece uma tarefa desafiadora, mas é essencial para sua equipe conquistar resultados. Quando o fluxo de etapas está bem encaixado, seu time se torna mais eficiente no aproveitamento das oportunidades.

Ao seguir esses 8 passos, você conseguirá estruturar um setor de vendas produtivo e eficiente em sua construtora:

1. Tipo de equipe comercial: corretores internos ou externos?

Construtoras podem ter tanto equipes de vendas internas (house) ou externas (corretores de mercado). No caso de equipe externas, o maior desafio é manter um relacionamento próximo com eles, pois são muito profissionais que também trabalham com outras construtoras. Ou seja, eles não trabalham exclusivamente com a sua empresa.

No caso de corretores internos, é muito fácil ter um acompanhamento mais próximo. Geralmente, eles atendem leads gerados pelo marketing mesmo, oferecendo um atendimento ágil e eficiente.

Sua construtora pode ser composta por corretores internos e externos. Neste caso, não esqueça de adaptar o seu fluxo de atendimento e seu funil de vendas para cada tipo de equipe. Essa é uma decisão que influencia a forma como esses profissionais estarão integrados com seu negócio.

2. Conheça o perfil ideal de cliente

Não faz sentido gastar tempo e esforço perseguindo as perspectivas erradas. Portanto, lembre-se de conhecer bem o perfil ideal de cliente: qual a média da renda, tamanho da família, interesses, necessidades e etc.

É preciso também saber informações mais precisas sobre esse público: Quais são suas principais objeções? Quais são as suas fontes de informação? O que ele valoriza em um atendimento?

Ao dominar essas informações, será possível estruturar processos que realmente são capazes de entregar uma experiência satisfatória para este perfil em especial.

3. Defina um fluxo de processos

Quais são as etapas que devem ser percorridas após um lead ser identificado como oportunidade? Quantos contatos devem ser feitos antes de descartar um lead? Existe um processo de pré-atendimento para qualificar os leads?

Essas são questões muito importantes para guiar a rotina de toda a sua equipe comercial. Quando existe um fluxo de processos bem organizado e claro para todos, essas atividades ocorrem naturalmente – seguindo as estratégias traçadas para otimizar os resultados de vendas.

4. Escolha muito bem sua equipe

Você precisará de bons corretores para colocar os planejamentos em prática. Por isso, a escolha de uma equipe engajada é um passo essencial se você deseja colher bons resultados.

Neste momento, é preciso que você defina quais características você está buscando nos profissionais que vão compor a sua equipe de vendas – incluindo tanto habilidades técnicas quanto comportamentais. Ao acertar nas contratações, você está dando um grande passo em direção ao sucesso.

5. Invista na capacitação frequente

A área comercial está em constante evolução. Por isso, você certamente deseja que os corretores estejam sempre atualizados em relação às melhores técnicas de vendas e sobre o mercado imobiliário, não é?

Esse é outro aspecto fundamental para um setor de vendas vencedor. Invista sempre na capacitação da sua equipe: novos cursos, treinamentos de negociação e feedbacks constantes.

6. Defina metas de vendas realistas em seu plano de vendas

Um setor de vendas deve ser orientado para resultados, certo? Para colocar isso em prática, nada melhor do que definir metas para a sua equipe. Dessa forma, os corretores possuem um norte para seguir.

Existe uma arte em definir metas de vendas adequadas, pois se elas forem muito difíceis ou fáceis de alcançar, isso mata a motivação. Quando estabelecidas corretamente, os corretores saberão o que é necessário para prosperar e permanecer motivados até atingirem as metas.

7. Monitore as métricas

As métricas permitem entender como seus esforços atuais afetam o sucesso da sua construtora e fornece informações sobre o que você pode fazer para aumentar seus esforços – seja contratando mais corretores, redistribuindo tarefas, incorporando novas ferramentas ou revendo o fluxo de processos.

As principais métricas que você pode acompanhar incluem:

  1. CAC (Custo de Aquisição de Cliente), que indica quanto sua construtora precisa investir para conquistar novos clientes;

  2. Ciclo de vendas, que é o tempo médio que um lead leva para virar cliente;

  3. Taxa de conversão, que indica a eficiência de cada etapa do processo de vendas;

  4. ROI (retorno sobre o investimento), que representa o quanto as ações de vendas e marketing geraram de retorno.

Além disso, ainda existe a possibilidade de monitorar métricas individuais para avaliar o desempenho dos corretores. Nesse caso, você pode acompanhar os seguintes indicadores:

  1. Quantidade de prospecções e oportunidades;

  2. Quantidade de visitas realizadas e negócios fechados;

  3. Follow up para leads cadastrados como oportunidade futura;

  4. Taxa de conversão de cada fase do funil de vendas.

8. Não deixe de se apoiar na tecnologia

Por fim, não deixe de incorporar as tecnologias aos processos do seu setor de vendas. Com a evolução da tecnologia, existem cada vez mais soluções digitais capazes de automatizar processos e simplificar a rotina dos corretores e dos gestores.

Você pode encontrar aplicativos voltados para o mercado imobiliário com recursos que geram mais liberdade e reduzem a burocracia das operações. Dessa forma, o setor de vendas ganha mais mobilidade para vender e gerenciar – tornando todo o processo de vendas digital.

Veja alguns dos principais recursos que você pode encontrar: gerenciamento de leads, reserva de unidades, tabelas de valores atualizadas, materiais de venda à disposição, envio de propostas para o cliente, funil de vendas personalizado, integração entre ferramentas, entre outros.

Você gostou das dicas para estruturar o setor de vendas da sua construtora? Quer descobrir mais sobre a importância da tecnologia para alavancar seus resultados? Então conheça o App Facilita.

Continue lendo

Dicas

Como aumentar as vendas do mercado imobiliário na internet?

A Internet transformou, não só a forma como as pessoas se comunicam, mas também como consomem produtos e serviços. Com os mecanismos de buscas, as redes sociais e uma mídia mais barata e retorno mensurável, empresas de diversos segmentos já entenderam e começaram a apostar no marketing digital como ponto de estratégia para criar relacionamentos com […]

Publicado a

I

A Internet transformou, não só a forma como as pessoas se comunicam, mas também como consomem produtos e serviços. Com os mecanismos de buscas, as redes sociais e uma mídia mais barata e retorno mensurável, empresas de diversos segmentos já entenderam e começaram a apostar no marketing digital como ponto de estratégia para criar relacionamentos com o cliente e vender mais imóveis.

(mais…)

Continue lendo

Dicas

Pós-venda imobiliário: mantenha seu cliente apaixonado

Descubra como um pós-venda imobiliário contribui para manter seus clientes apaixonados e impacta no sucesso da sua construtora.

Publicado a

I

Imagine que o cliente assinou o contrato oficializando a compra de um imóvel… Após semanas de negociações, o corretor finalmente conseguiu cumprir o seu objetivo… Agora o trabalho chegou ao fim e é hora de pensar no próximo cliente, certo? Nada disso!

(mais…)

Continue lendo

mais acessados do Blog

pt_BRPortuguese