Conecte-se conosco

Dicas

Produtividade de vendas no mercado imobiliário: descubra como ter uma equipe de alta performance

Publicado a

I

Você já pensou que poderia vender o dobro de imóveis que vende atualmente? Sim, isso é possível.

Pense da seguinte forma: qual é o volume de vendas do seu melhor corretor? E qual é a venda média dos demais corretores?

Esses dois indicadores se referem à produtividade de vendas do seu time.

Times com esse indicador elevado têm mais chances de apresentar maior previsibilidade de resultados, equipe com desempenho consistente e de alta performance e menor ramp-up. Tudo isso irá impactar diretamente o aumento das vendas no mercado imobiliário.

É por isso que empresas de todos os portes estão buscando melhorar a produtividade das suas equipes como forma de impactar seus resultados.

No entanto, é importante salientar que aumento de produtividade não significa necessariamente aumento de produção. Confuso?

Bom, neste artigo, vamos trazer um pouco da nossa experiência para falar sobre produtividade de vendas, como ela funciona e como pode ser aplicada na sua empresa.

O que é produtividade de vendas no setor imobiliário?

A produtividade de vendas no setor imobiliário se refere à capacidade de produzir mais resultados (vender mais) com menos ou os mesmos recursos (financeiros e quantidade de pessoas).

Para alcançar esse objetivo, as imobiliárias devem alinhar os 4 Pilares da Produtividade: processos, gestão, tecnologia e pessoas.

Dessa forma, a produtividade de vendas é como um termômetro: ela vai medir a capacidade de trabalho da sua equipe.

Se a produtividade estiver alta, quer dizer que o time trabalha de forma otimizada, entregando o máximo de resultados. Ao contrário, se a produtividade for baixa, grandes oportunidades em vendas estão sendo perdidas.

A boa notícia é que com algumas práticas é possível aumentar o nível de produtividade do seu time de corretores. O meio mais fácil para fazer isso é implementando novos hábitos de trabalho na cultura organizacional da empresa.

Quando todo o time está engajado e entende que a mudança trará resultados positivos para todos, os resultados são sentidos em pouquíssimo tempo.

E o que não é produtividade de vendas?

É muito fácil confundir produtividade de vendas com aumento de produção; no entanto, são conceitos bem diferentes.

Quando existe aumento de produtividade de vendas, quer dizer que o tempo e os recursos foram mais aproveitados e a sua equipe teve um desempenho melhor com os mesmos artifícios que já utilizava.

Um exemplo simples: dobrar as vendas sem ter aumentado o número de profissionais de vendas na equipe ou a quantidade de leads gerados.

Por que a produtividade de vendas é crucial para o sucesso da imobiliária?

A partir da aplicação das técnicas e ferramentas adequadas, é possível notar diversos efeitos no fluxo de trabalho e, consequentemente, na estratégia de vendas da empresa, como:

  • aumento de resultados
  • diminuição de custos
  • menos desperdícios
  • otimização de tempo
  • atingimento de metas
  • corretores com o mesmo nível de desempenho técnico

Sem esses itens, a equipe não performa bem e, por consequência, a empresa não consegue ter um crescimento saudável. O resultado é a estagnação e a troca recorrente da equipe.

Entenda quais são os 4 Pilares da Produtividade de vendas no mercado imobiliário

Após mais de 13 anos auxiliando empresas de diversos setores a melhorar os seus resultados em vendas, identificamos 4 pilares nos quais a produtividade de vendas é baseada: processos, gestão, tecnologia e pessoas.

Dessa forma, para ter um alto índice de produtividade, obrigatoriamente você terá que rever esses 4 pontos do seu negócio. Vamos saber mais sobre cada um deles?

Processos

Ter um processo de vendas bem definido é o passo básico de uma equipe de corretores de alta performance. No entanto, você sabia que até as grandes empresas podem falhar nesse quesito?

Fluxo de trabalho enxuto, com etapas bem definidas, e aplicação efetiva do funil de vendas são a chave para um processo de vendas com alto nível de entrega.

Gestão

Um dos maiores gaps de um líder do setor imobiliário é não conseguir identificar os KPIs de vendas de forma adequada daquele negócio, afinal eles irão variar de acordo com estratégia, nicho, objetivo etc.

Por isso, trabalhar a gestão de vendas assertiva ao negócio é crucial para uma produtividade alta.

Tecnologia

Tecnologia e vendas andam juntas no setor imobiliário. Hoje, é impensável ter um processo de vendas totalmente manual, afinal existem infinitas ferramentas que irão otimizar o tempo de trabalho.

Ter um CRM de Vendas, por exemplo, é fundamental, já que ele possibilita acompanhar o lead em toda a sua jornada, desde a captação até o pós-venda. Essa ferramenta garante a organização e o acompanhamento adequado do potencial cliente, sem deixá-lo esquecido no volume de informações.

Pessoas

O que seriam das vendas sem as pessoas? Elas são a parte principal desse processo. Por isso, é preciso investir em metodologias de gestão de times de vendas, como o sales enablement, para ter uma equipe de alta produtividade e que gere resultados reais.

Entender o perfil de cada profissional de vendas e saber quais são as habilidades e competências necessárias para compor a equipe e capacitações, como treinamento de vendas, é crucial.

Como aumentar a produtividade de vendas do negócio e impactar suas vendas

Como vimos, por trás de resultados impactantes existe muita ciência e técnica. Vendas não são só feeling.

Quem deseja ter resultados consistentes e uma equipe altamente capacitada precisa entender todas as nuances dessa ciência. É por isso que muitos gestores procuram a ajuda de consultorias, já que elas têm uma visão analítica e bagagem profissional e sabem exatamente o que dá certo e o que não deve mais ser aplicado.

Com ela, é possível reduzir para até 6 meses o prazo de um processo que demoraria até 2 anos para ser moldado, implementado e dar resultados.

Por isso, a consultoria de vendas é uma boa opção não apenas quando os resultados não estão satisfatórios mas sim em qualquer momento, desde o início de um negócio de vendas até na mudança de estratégia e abordagem da equipe.

Mas atenção: antes de contratá-la, certifique-se de que é uma empresa com renome e experiência comprovada no mercado.

 

Conheça a DNA de Vendas, a mais completa consultoria de vendas do Brasil

A DNA de Vendas é a mais completa consultoria de vendas para aumento de produtividade do Brasil.

Tem experiência em mais de 40 segmentos do mercado e vem contribuindo para o aumento das vendas das maiores organizações do país por meio da sua metodologia exclusiva, baseada nos 4 Pilares da Produtividade.

Quer melhorar a produtividade de vendas do seu time e impactar seu negócio? Entre em contato com um dos consultores da DNA de Vendas.

Até a próxima!

Continue lendo
Clique aqui para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Dicas

Perfil de um corretor de imóveis: conheça os principais tipos e descubra qual é o seu

Publicado a

I

Você já parou para pensar como cada corretor de imóveis têm um perfil diferente? É bem comum que os profissionais, conforme ganham experiência na área, desenvolvam as suas próprias técnicas de vendas.

Cabe lembrar que não existe certo ou errado nesse momento. Desde que não fira os parâmetros éticos da profissão, cada profissional pode usar as táticas que julgar mais interessantes para prospectar clientes e fechar bons negócios.

A ideia deste artigo é apresentar alguns perfis de corretores de imóveis mais comuns, para que você consiga identificar o seu. Gostou da ideia? Então, continue com a gente!

Tem mais, responda ao Quiz e descubra o seu perfil !

Curiosidades sobre a profissão de corretor de imóveis

Antes de descobrir em qual perfil de corretor você se encaixa, é interessante saber sobre algumas curiosidades da profissão.

No Brasil, a profissão de corretor de imóveis é regulamentada pela Lei nº 6.530/78, sancionada ainda no ano de 1978, pelo então presidente Ernesto Geisel. 

Apesar disso, a profissão é ainda mais antiga, pois, de acordo com registros, o primeiro Sindicato de Corretores de Imóveis do Brasil surgiu em 1937.

Hoje em dia, para trabalhar na área, o profissional deve ser formado no curso Técnico em Transações Imobiliárias ou ter cursado graduação tecnológica em Ciências Imobiliárias ou Gestão de Negócios Imobiliários.

Além disso, para atuar de forma legal, o profissional deve se credenciar no Conselho Regional de Corretor de Imóveis (Creci) da região em que trabalha.

Segundo informações do Cofeci-Creci, atualmente, há 389,4 mil corretores de imóveis credenciados no Brasil. Já o número de imobiliárias é 48,8 mil. 

Outra curiosidade interessante é que a profissão de corretor de imóveis tem como símbolo um colibri. Esse pássaro é conhecido por lutar pela sobrevivência e por ser um intermediador da natureza.

9 perfis de um corretor de imóveis

Agora que você conhece algumas curiosidades sobre a área, chegou o momento de descobrir qual é o seu perfil de corretor. Veja, a seguir, alguns dos principais deles e analise em qual você acredita se encaixar.

1. O que conhece muito bem a oferta

Esse tipo de corretor de imóveis é aquele que estuda bem os imóveis e sabe responder todos os questionamentos dos clientes.

Usar a tecnologia a favor é uma boa forma de adotar esse perfil, tendo em vista que as plataformas digitais podem reunir todas as características dos imóveis no mesmo espaço.

2. O que respeita o tempo do cliente

Vender é praticamente uma arte, principalmente quando estamos lidando com itens de alto valor, como os imóveis.

Por isso, não é recomendado que os corretores sejam muito ansiosos ou afobados para fechar vendas. Esse tipo de profissional, que respeita o tempo do cliente, costuma ser bem-sucedido, já que sabe como e quando agir.

3. O amigo de todo mundo

Ter simpatia e atender a todos com cordialidade é muito importante em qualquer relação de compra e venda. Por isso, ser um corretor amigo de todo mundo tem o seu lado positivo.

O que não pode acontecer é “forçar” uma amizade com o cliente, principalmente se perceber que a pessoa é mais reservada. Deve-se ter cuidado para manter a relação sempre profissional, mesmo que você busque agradar o interessado em comprar ou alugar imóveis.

4. O que não para de falar

O corretor que não para de falar não costuma ser bem-sucedido nas vendas. Isso se justifica porque a pessoa “tagarela” demais acaba assustando o cliente.

Pode-se passar a ideia de que você está querendo “empurrar” os imóveis para os clientes, sem buscar conhecer a fundo as necessidades deles. Por isso, tome cuidado!

5. O novato

O corretor novato é aquele que está começando na área agora e ainda não tem muita experiência na área.

Para ter sucesso na profissão, recomenda-se que esse perfil tenha sempre um profissional mais experiente que atue como uma espécie de mentor. 

6. O bem-sucedido

Esse tipo de corretor é aquele que cuida muito bem da aparência, se veste de forma elegante, fala de maneira bastante formal e passa um ar de entendido e empoderado.

Para quem tem esse perfil, o único cuidado que deve ser tido é evitar os exageros para não afugentar os clientes com menor poder aquisitivo. Se você atende o mercado de imóveis de luxo, no entanto, tem tudo para conseguir excelentes resultados.

7. O moderninho que entende de tecnologia

O corretor moderninho é aquele que está sempre de olho nas novas tecnologias que podem ser incorporadas para facilitar o seu trabalho. 

Para isso, usa ferramentas como o WhatsApp, site profissional, o app Facilita, entre outros recursos.

8. O que gosta de estudar

O corretor que gosta de estudar, sem dúvida, tem grandes chances de se tornar um profissional reconhecido no mercado.

Afinal, dominar novas técnicas de vendas, marketing e persuasão é sempre importante para conquistar os clientes e conseguir fechar bons negócios.

9. O que cria network

Assim como acontece em todas as áreas, ter uma boa rede de contatos é essencial para o corretor de imóveis.

O profissional que tem esse perfil cria um bom network, sempre trabalhando as suas relações, para que consiga grandes oportunidades para fechar bons negócios.

E então, conseguiu identificar em qual perfil de corretor você se encaixa? É claro que esses estereótipos são apenas classificações mais gerais sobre os profissionais. 

A nossa ideia não é criar rótulos, mas sim fazer com que você trabalhe o autoconhecimento para ter mais sucesso profissional. Abrace as suas maiores forças e trabalhe naquilo que deseja mudar.

Além disso, o corretor pode ter mais de um perfil. Por exemplo, você pode ser um corretor “bem-sucedido e moderninho”. 

Na prática, você pode variar e moldar o seu perfil de corretor de imóveis, de acordo com as características de cada cliente.  Um consumidor de alto padrão, por exemplo, não tem os mesmos anseios que uma pessoa de classe média ao comprar um imóvel. Tudo isso precisa ser considerado.

Quer se aperfeiçoar ainda mais como profissional? Então, baixe agora o nosso Manual Prático para Corretores! Ele traz várias dicas e insights para você fazer boas vendas.

Continue lendo

Dicas

4 passos para fazer um script de vendas para a sua imobiliária

Publicado a

I

Vender imóveis é uma tarefa bem desafiadora, tendo em vista que os investimentos do cliente são altos, o que faz com que as pessoas sejam muito exigentes no momento da compra. Nesse sentido, ter um script de vendas ajuda muito a fechar negócios e aumentar a lucratividade da imobiliária.

Para saber mais sobre o assunto e conferir um passo a passo para fazer um script de vendas para a sua imobiliária, prossiga com a leitura!

O que é um script de vendas?

Script de vendas é um roteiro que conduz os clientes desde o primeiro contato com a imobiliária até a conclusão do negócio.

O documento está diretamente relacionado com cada uma das etapas do funil de vendas imobiliário e pode ajudar muito os corretores a terem sucesso nas negociações. 

Por que fazer um script de vendas para sua imobiliária?

O script de vendas para imobiliária é importante porque orienta cada uma das etapas do funil de vendas imobiliário.

Ao usar esse documento, aumentam as suas chances de fechar negócios, tendo em vista que os corretores não serão pegos de forma desprevenida.

Se um cliente entrar em contato por telefone, por WhatsApp ou até mesmo chegar de surpresa na imobiliária, o vendedor saberá como proceder, terá uma trilha para seguir e fechar os negócios.

4 passos para fazer um script de vendas eficiente

Agora que você já sabe mais sobre o que é um script de vendas e o porquê dele ser tão importante, vamos apresentar um passo a passo de como criá-lo para a sua imobiliária. Acompanhe!

1. Defina as etapas do processo de vendas

Para começar, você deve definir todas as etapas do processo de vendas da sua imobiliária ou construtora.

A primeira etapa pode ser a prospecção de clientes, feita por meio das redes sociais, mídia tradicional e outros meios publicitários.

Depois, vem a etapa de conversação com o cliente, relacionamento, visitas ao imóvel, apresentação das condições de pagamento, tiração de dúvidas sobre o contrato etc.

Vale lembrar que aqui não existe uma “receita de bolo”. Cada imobiliária pode ter etapas específicas no seu processo de vendas. Por isso, esse passo precisa ser muito bem pensado.

2. Tenha suas personas muito bem definidas

Uma vez que você listou todas as etapas do seu processo de vendas, é importante definir quem são as suas personas.

No marketing, personas são personagens semi fictícios que representam o cliente ideal. Você pode criá-las com base em entrevistas e observação de seus clientes reais.

Existe até mesmo uma ferramenta gratuita chamada “O fantástico gerador de personas”, criado pela Resultados Digitais e pela Rock Content, que pode ajudar muito nessa etapa.

Com personas bem definidas, você terá um melhor conhecimento das necessidades e dos anseios de seus clientes. De tal forma, poderá buscar meios para supri-los e conquistar mais vendas. 

3. Conheça muito bem o seu produto e o seu mercado

Também é importante que você conheça muito bem o seu produto e o seu mercado, para que todas as dúvidas dos clientes sejam esclarecidas no ato.

Sempre que um novo imóvel for colocado à venda, por exemplo, convém estudá-lo de forma minuciosa, para que você tenha todas as informações sobre ele na ponta da língua. Assim, você saberá responder prontamente os questionamentos dos possíveis compradores.

4. Armazene as suas informações e atualize-as com frequência

É claro que guardar todas as informações na cabeça é praticamente impossível, principalmente quando você trabalha com muitos imóveis e atende vários clientes por dia.

Por isso, é muito importante que você armazene as informações sobre os imóveis em uma espaço seguro e de fácil acesso. 

Com o app Facilita, por exemplo, você poderá ter acesso rápido a todas as informações dos empreendimentos, assim como materiais de vendas, plantas, vídeos, tours 360º e demais tipos de arquivos.

Também é importante que essas informações sejam atualizadas com frequência, para que nada desatualizado seja repassado aos clientes.

Exemplo de situação prática envolvendo o script de vendas para imobiliária

Com um script de vendas bem estruturado, a sua imobiliária poderá fazer mais vendas ativas e conquistar bons resultados. Veja, a seguir, um exemplo!

Vamos supor que um lead clicou em um anúncio nas redes sociais e solicitou atendimento via WhatsApp para saber mais sobre um imóvel. 

Nesse caso, pode ser enviada uma mensagem como a seguinte:

“Olá, [nome da pessoa]! Me chamo [nome do corretor] e falo da [nome da imobiliária].

Estou enviando esta mensagem em resposta à sua solicitação de contato.

Podemos marcar uma videochamada para que eu lhe apresente mais detalhes sobre o imóvel? Que horário fica melhor para você?

Aguardo o seu retorno!”

Caso a pessoa já responda a mensagem e dê uma opção de dia e horário para agendar a conversa, o corretor já pode colocar o compromisso na agenda, se preparar para o encontro e partir para a próxima etapa do script.

Se o prospect demorar mais de 24 horas para responder o contato, é indicado tentar novamente nos dias seguintes, antes de desistir da venda. Lembre-se que as pessoas têm rotinas muito corridas e que podem ficar sem tempo para responder no ato, o que não significa que tenham perdido o interesse no imóvel.

Com o passo a passo que apresentamos, fica fácil ter um bom script de vendas e fechar novos negócios na sua imobiliária. Coloque as nossas dicas em prática!

Para ter ainda mais sucesso na sua imobiliária, é interessante que as equipes de marketing e vendas atuem de forma integrada. Quer saber mais? Então, acompanhe o nosso webinar que trata sobre esse tema. Vale a pena assistir!

Continue lendo

Dicas

Como priorizar atividades sendo um gestor no mercado imobiliário?

Publicado a

I

Imagem de um homem de terno sentado em uma cadeira, de frente para uma mesa de escritório branca com um notebook em cima.

A rotina de um gestor imobiliário é muito corrida e você sabe bem disso, não é mesmo? Se o profissional não tem organização, tudo fica ainda mais difícil e isso afeta diretamente os negócios fechados.

Em alguns momentos, portanto, o gestor imobiliário precisa saber priorizar atividades, demandar o operacional, fazendo primeiramente aquilo que é mais urgente para a incorporadora, construtora ou loteadora.

Trouxemos uma série de dicas sobre como priorizar tarefas, neste artigo. Quer conferir a nossa lista? Então, continue com a leitura!

Por que priorizar atividades é importante para um gestor imobiliário?

Antes de saber como priorizar atividades, é interessante saber mais sobre os motivos que justificam tal atitude ser tão importante para os gestores imobiliários.

Entre outras coisas, o gestor imobiliário deve engajar, motivar e desenvolver a sua equipe. Ele precisa estar à frente dos corretores e liderar a equipe pelo exemplo.

Se o gestor tiver dificuldades para organizar as suas atividades e atrasar as suas demandas, portanto, não estará sendo um exemplo positivo para os seus liderados.

Para aumentar a produtividade, saber priorizar tarefas é muito relevante. Uma pesquisa global, divulgada pela revista Exame, mostrou que 64% dos executivos têm prioridades conflitantes.

Isso comprova como a dificuldade de priorizar tarefas é algo comum nas empresas e ressalta a importância de reverter essa situação em sua construtora ou imobiliária. 

5 dicas para priorizar atividades sendo um gestor imobiliário

Elaboramos uma lista com as melhores dicas para os gestores imobiliários priorizarem atividades. Veja!

1. Fixe e planeje metas

Antes de tudo, é importante que você liste todas as tarefas da sua imobiliária ou construtora. A ideia é que se possa ter um mapeamento de todas as atividades que precisam ser executadas em determinado período.

A partir disso, fixe e planeje metas que devem ser cumpridas. Assim, você poderá ter uma melhor organização no escritório e conquistar mais resultados positivos na gestão do time de corretores.

O ideal é que você faça uma espécie de checklist com as ideias a serem resolvidas a cada dia, definindo um grau de importância.

O escritor Mark Twain tem uma frase que diz: “Se o seu trabalho consiste em engolir sapos, então, é melhor fazê-lo logo pela manhã”.

Ou seja, as atividades mais urgentes ou complexas devem ser priorizadas para que, depois, você tenha tempo para se dedicar ao que é mais simples.

2. Conheça bem a sua equipe

Para ter mais organização no setor imobiliário, também é importante que você conheça bem a sua equipe. Afinal, cada pessoa pode ter um método diferente para trabalhar e definir prioridades.

Você precisa conhecer as necessidades do time e buscar meios para saná-las. Ensiná-los sobre metodologias de organização e priorização de atividades, por exemplo, pode ser bem interessante.

Nem sempre as pessoas têm noção sobre a importância de ter uma rotina mais organizada. Por isso, esse conhecimento e as atividades educativas são tão relevantes.

3. Esteja aberto a ouvir os seus funcionários

O bom gestor é aquele que sabe ouvir os seus funcionários. Por isso, para saber como priorizar tarefas, convém saber também o que é mais importante para os colaboradores.

Se para os seus colaboradores é importante ter rápido acesso aos contratos de vendas e locação de imóveis, por exemplo, essa pode ser uma das suas primeiras atividades do dia.

Aqui é interessante analisar uma teoria levantada pelo estudioso Gareth Morgan, no livro “Imagens da Organização”.

Para ele, as organizações funcionam como um mecanismo, em que cada peça tem uma função específica para que o todo funcione bem.

Se uma peça para, tudo para. Por isso, para que a “engrenagem” não tenha nenhum problema, é importante que você esteja aberto a ouvir os seus funcionários, compreender as suas necessidades e buscar solucioná-las de forma eficiente, priorizando as tarefas de forma correta.

4. Utilize a tecnologia a seu favor

Usar planilhas de Excel já é algo ultrapassado! Esse recurso não deve mais ser usado como a única ferramenta para gerir uma imobiliária, principalmente quando se busca ter mais organização. 

Atualmente, o corretor de imóveis precisa ser digital e existem muitas ferramentas autônomas que podem ajudar nessa jornada.

O app Facilita, por exemplo, conta com um recurso em que os arquivos de materiais de venda, como fotos e vídeos dos imóveis, podem ser rapidamente compartilhados.

Dessa forma, se uma das suas prioridades como gestor é enviar rapidamente os materiais de venda para o seu time, investir nessa plataforma é uma excelente estratégia.

Outras ferramentas, como o Microsoft To Do também podem ser usadas. Nesse exemplo, você pode criar lembretes e deixá-los na tela inicial do seu celular. Assim, não corre o risco de esquecer as tarefas que devem ser feitas com prioridade. 

5. Conheça a sua carteira de clientes e suas necessidades

Assim como é importante conhecer os funcionários, também é importante conhecer bem os clientes do seu negócio.

Recentemente, uma pesquisa apontou que 6% das vendas de imóveis já são feitas de forma totalmente digital. Atender esse perfil de clientes, por exemplo, envolve necessidades específicas.

Entre outras coisas, as pessoas que compram pela internet querem fechar os negócios com agilidade. Se você demorar para enviar documentos e contratos, por exemplo, elas poderão acabar fechando negócio com a concorrência.

Logo, conhecer as necessidades dos colaboradores também é de suma importância para definir prioridades na gestão da incorporadora, construtora ou loteadora. Ou seja, você precisa saber demandar a parte operacional e focar na estratégia!

Siga as nossas dicas e saiba como priorizar atividades sendo um gestor imobiliário! Damos a certeza de que, com base nessas orientações, as suas rotinas serão ainda mais produtivas.
Para seguir se aperfeiçoando, não perca tempo e baixe agora mesmo o nosso e-book que fala sobre otimização e controle de disponibilidade de lançamentos imobiliários.

Continue lendo

mais acessados do Blog

pt_BRPortuguese