Conecte-se conosco

Mercado Imobiliário

Indicadores ABRAINC|FIP

Publicado a

I

O ano de 2020 começou com muita força no Brasil para todos os segmentos, “janeiro e fevereiro foram anos espetaculares”, como aponta o presidente da ABRAINC, Luiz França. Foram taxas de juros nunca vistas na história brasileira, super baixas, implicando em prestações mais baratas, despertando o interesse e potencializando o poder de compra das pessoas interessadas em algum imóvel. Porém, com a chegada da pandemia, uma grande interrogação surgiu: e agora?

Segmentos

Mesmo com o advento da pandemia, os lançamentos e vendas no mercado imobiliário não pararam e o setor seguiu com um forte desempenho, superando as expectativas de gestores comerciais.

Para Luiz França: “O ambiente de negócios permanece propício, com grande atratividade para o investimento em imóveis, em relação às aplicações financeiras tradicionais, e com perspectivas positivas para os consumidores que estão em busca do sonho da casa própria”.

O seguimento Casa Verde e Amarela (CVA) continuou forte, mantendo  a característica de resiliência que sempre teve no mercado.

Já os empreendimentos de Médio e Alto Padrão (MAP) foram impulsionados por que o público desse segmento disse querer mudar de imóvel, isso devido ao aumento no número de pessoas no cumprimento do isolamento social, imposto pela pandemia. 

O consumidor MAP passou a buscar por imóveis com varanda, coberturas, casas e outros, grande parte das pessoas passaram a sentir a necessidade de parecerem estar “mais livres”, embora confinados. 

O mercado respondeu positivamente às mudanças, chegando a gerar 140.000 oportunidades de empregos. 

Indicador Abrainc|Fipe

O Indicador da Associação Brasileira de Incorporadoras e Imobiliárias (Abrainc|Fipe) de dezembro/2020, janeiro/2021 e fevereiro/2021, apresenta  os principais números e resultados totais e por segmento no último trimestre móvel, apontando a soma de 34.876 unidades comercializadas em lançamentos imobiliários, o que implicou em uma alta de 30,8% em relação ao ano precedente, no mesmo período. 

A quantidade de lançamentos até fevereiro/2021 (último 12 meses), ultrapassando  em 7,5% o número do ano anterior, com 126.800 unidades lançadas.

Houve uma alta expressiva nos lançamentos de 18,6% sendo 34.176 unidades, em relação ao ano anterior. Assim, reunindo os dados até fevereiro (12 meses), as 140.402 unidades comercializadas superaram em 22,5% o total comercializado na fase pregressa. Logo, ponderando as vendas líquidas, sem incluir distratos comerciais, é notória a crescente de 20,1% no último trimestre móvel e de 23,3% sendo destaque no mercado imobiliário. 

Que saber mais? Confira a entrevista concedida pelo presidente da ABRAINC, Luiz França, abordando sobre o cenário atual do mercado imobiliário e as projeções para o pós-pandemia: 

Continue lendo
Clique aqui para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mercado Imobiliário

Tudo sobre a incorporação em fundos imobiliários

Publicado a

I

Para quem busca trabalhar com o mercado investidor, é importante estar atento aos mais diversos tipos de mercado. Como opções fortes para otimizar seus recursos, é possível amplificar até mesmo o valor do seu patrimônio, ao recorrer à incorporação imobiliária.

Objetivos que para serem alcançados é necessário que um investidor conheça de forma profunda todas as possibilidades que o aguardam no mercado de investimentos. Oportunidade que conversam tanto com a situação do mercado, como da sociedade.

Até porque as modificações comerciais entre as empresas ocorrem justamente por causa das mudanças que ocorrem na sociedade. Como, por exemplo, o valor que é dado hoje aos canais digitais, diante das diferentes aplicações que esse cenário vem apresentando.

Alterações de mercado que permitem hoje com que empresas de manutenção de grupo gerador possam otimizar os seus resultados, ao reconhecerem o valor que as plataformas digitais podem trazer aos seus negócios, permitindo uma melhor conexão com seu público.

O setor de investimentos também encontra certas praticidades quando se fala sobre o cenário digital. Tanto em relação às características do mercado, com diferentes empresas encontrando valor nas ações digitais, como no acesso às plataformas digitais.

Tudo isso resulta em um cenário no qual é possível para qualquer pessoa adentrar no mercado das aplicações. Sendo possível investir em algum empreendimento através até mesmo dos seus dispositivos digitais, como pelo seu celular ou computador.

Da mesma forma em que é possível recorrer a serviços de contabilidade em SP, sem necessariamente se locomover até o escritório físico desta agência. Diante da possibilidade de se contar com o auxílio desses profissionais diretamente por meio de canais virtuais.

Mesmo com tantas modificações no mercado, uma área específica continua a demonstrar valor na sociedade, que é o setor imobiliário. Até porque o sonho da casa própria, assim como o desejo de sair da casa dos pais e morar sozinho é algo que segue presente.

Ações que acompanham o processo de renovação da sociedade, que mesmo modificando-se por inteira à cada geração, continua a demonstrar o destaque e segurança que se pode ter no mercado de imóveis.

Mesmo que existam certas características únicas em cima desse conceito que precisam ser vistas com atenção, como ocorre com a ideia de um fundo de incorporação imobiliária.

As modificações do mercado imobiliário

O mercado imobiliário aborda diferentes tipos de imóveis, sejam eles de nível residencial ou comercial. Uma dualidade que inclusive faz com que esse setor continue a se expandir, diante de sua importância tanto para se abrir um negócio ou para encontrar uma moradia.

Junto a isso existem também formas diferentes de se ter acesso a um imóvel, como em um sistema de aluguel ou com a aquisição direta desta propriedade. Realidade que se expande para um apartamento, uma quitinete, uma mansão ou até mesmo uma casa tradicional.

Quando se fala sobre a compra de um imóvel, existem também diversas maneiras de se conquistar capital suficiente para arcar com essa aquisição. Como um empréstimo bancário ou recorrer a ajuda de um sistema de financiamento imobiliário.

Decisões que podem ser tomadas ao lado de uma assessoria contábil empresarial, capaz de estudar a realidade tanto do seu cliente como do mercado, a ponto de apontar uma sistema de obtenção de imóvel que esteja alinhado à realidade desse indivíduo.

De uma pessoa em busca de uma casa maior, após o crescimento de sua família, ou então uma empresa à procura de galpão mais amplo, necessário para que uma companhia consiga armazenar os seus produtos, após um período de ampliação de seus negócios.

Um conjunto de variações que apresenta diversas oportunidades para quem pensa em investir no setor imobiliário. E dentro de suas possibilidades, é válido destacar a ideia de incorporação imobiliária, um conceito que recebe uma grande atenção dentro do mercado.

Incorporação imobiliária, detalhes desse conceito

A ideia por trás desse conceito de integração de uma rede de imóveis, tem um foco específico na questão coletiva. Tornando possível a criação de um fundo de investimento, com uma atenção especial para esse modelo de aquisição de um ou mais imóveis.

Conceito que trabalha então com a compra de uma residência ainda na planta. Ou seja, se trata da aquisição de um projeto antes mesmo dele ser levantado, encontrando-se no momento na fase de planejamento, como no desenvolvimento do projeto por um arquiteto.

Por isso recebendo esse título popular de “compra de imóvel na planta”. Uma concepção que se expande para além de um imóvel, podendo se tratar de um condomínio que será levantado em um terreno em particular, sendo possível comprar uma casa nesse local.

Projetos que costumam destacar uma série de vantagens, como o auxílio de profissionais que irão agir na administração de condomínio comercial, destacando assim o valor que um comprador terá acesso ao recorrer a essa compra prévia em um conjunto habitacional.

Um programa especial de investimento imobiliário que pode ser ofertado para um grupo de indivíduos, sendo possível montar um fundo de investimento na área de imóveis, no qual as aplicações dos participantes irão garantir a valorização desse projeto a ser construído.

Seja para quem pensa em morar nos imóveis adquiridos ou então colocá-los à venda ou aluguel, amplificando o seu investimento inicial, de acordo com o destaque comercial que pode ser conquistado ao redor desses imóveis, como em investimentos na região.

Essa ideia de incorporação imobiliária já vem sendo trabalhada no mercado há anos, seguindo normas estabelecidas pela lei de número 4.591/64, estabelecida para fomentar o crescimento da área empresarial e imobiliária do país durante os anos 60.

O que levou a instalação de diferentes empresas no país, como uma empresa de instalação elétrica industrial, cuja aquisição dessas instalações tiveram apoio com os atributos trabalhados em cima desse conceito.

Tais projetos devem contar com certas características, deixando claro pontos como:

  • Extensão da área;
  • Quantidade de unidades;
  • Área de cada imóvel;
  • Aprovação legal do projeto.

Pontos que podem garantir com que um fundo de incorporação imobiliária receba a atenção de um número amplo de investidores. Todos em busca de ter acesso aos benefícios que costumam se apresentar diante desse modelo de aplicação imobiliária.

Benefícios da incorporação imobiliária

Entre os motivos pelo qual esse modelo de investimento continuar a ter procura até os dias de hoje, é por causa dos benefícios que estão associados a esse fundo de investimento. Sendo assim uma recomendação a ser indicada por um serviço de consultoria tributária.

Entre as vantagens desse negócio é possível destacar a segurança que se encontra em cima desse modelo de aplicação, diante do valor contínuo que a sociedade possui em relação à busca por imóveis. Seja para morar ou para um uso comercial.

Com essa alta procura, esse modelo de mercado acaba por apresentar maiores oportunidades para quem pensa em investir nele.

Sendo possível que uma companhia recorra a um serviço de antecipação de recebíveis para empresas, em busca de adiantar o acesso aos seus recursos para investir nesse mercado imobiliário, tendo a segurança de que essa aplicação levará a bons resultados.

No que se apresenta até mesmo como uma opção para valorizar o seu patrimônio, ao invés de deixá-lo parado, perdendo assim diversas oportunidades de trabalhar melhor os seus recursos, sendo possível ampliá-los junto a esse sistema de incorporação.

Como aplicar nesse mercado?

Após compreender os seus benefícios é optar por investir nesse modelo imobiliário, é importante adotar certas práticas, em busca de encontrar as melhores oportunidades em cima desse tipo de aplicação.

Entre elas pesquisar com atenção a situação do mercado. Ação que pode ser executada ao se recorrer a profissionais da área, assim como consultorias de finanças, que podem fazer esse estudo para os seus clientes, em busca de garantir o valor de tal tipo de aplicação.

Tudo de forma a garantir um acesso adequado aos valores operados em cima desse mercado, da mesma maneira em que um leitor biométrico para controle de acesso pode ser usado em uma companhia, para garantir a entrada apenas de pessoas autorizadas.

Em ambas as situações é possível a presença de uma maneira de proteger um indivíduo contra possíveis golpes ou contato com atividades suspeitas.

E para quem busca segurança em cima desse mercado, é importante destacar companhias da área de imóveis que encontram sucesso nesse tipo de aplicação, entre elas:

  • Cyrela;
  • Gafisa;
  • MRV;
  • Rossi.

Além de outras companhias que atuam com o setor de imóveis, permitindo também a aplicação em um fundo de incorporação imobiliária, no qual um cliente interessado pode garantir uma valorização do seu patrimônio ao recorrer a uma compra direta na planta.

Sendo preciso apenas que um indivíduo com interesse na área passe a estudar um pouco mais sobre esse conceito, assim como suas aplicações.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Continue lendo

Mercado Imobiliário

O Mercado Imobiliário na Região Sul do Brasil

Publicado a

I

Como já temos abordado há algum tempo, estamos vivendo um novo ciclo, nunca se vendeu tantos imóveis quanto no último ano. Isso mesmo com a alta do INCC, da Selic e outros fatores, as vendas de imóveis se mantêm em crescimento. Um segmento que se manteve em alta contínua foi MAP. Isso porque, além da característica de estabilidade mesmo diante de crises, os consumidores desse setor passaram a buscar por imóveis com mais conforto e bem-estar, dando destaque para regiões como o sul do Brasil.

Quer entender melhor sobre o mercado imobiliário na região sul do Brasil e o que fazer para se destacar no setor? Confira o artigo completo!

Destaque do segmento MAP na Região Sul do Brasil

Os  empreendimentos de Médio e Alto Padrão, ganharam destaque na pandemia por conta do isolamento social. Uma vez que, as pessoas passaram a ficar totalmente ou grande parte do tempo em suas residências. E isso, instigou a busca por imóveis mais apropriados para o home office e mais confortáveis.

Pensando nesses critérios, a região sul do Brasil se destaca com as belas paisagens, com grande índice de desenvolvimento humano (IDH) e um mercado imobiliário em crescimento.

Algumas das melhores cidades para investir no sul do Brasil são:

  • Florianópolis 
  • Itajaí 
  • Curitiba
  • Itapema
  • Balneário Camboriú
  • Porto Alegre

Valorização do mercado imobiliário em Florianópolis

Florianópolis a muito se destaca entre as demais cidades brasileiras em diversos quesitos, como sendo um dos melhores lugares para se viver, empreender e investir no Brasil.

Pesquisa Fipezap de Janeiro, que é referência de preços no mercado imobiliário brasileiro, mostra que Florianópolis teve valorização no indicador de venda em 16,13% nos 12 meses anteriores, com o preço médio de venda residencial em R$ 8.701/m². O dado faz da cidade dos manezinhos a terceira capital com maior valorização no período, atrás apenas de Vitória (ES), com 20,65% e Maceió (AL), com 18,31%.

Para o segmento de luxo, o aumento é maior. Pesquisa da Lopes Imóvel, a divisão de imóveis de luxo e destinos de esportes e lifestyle mostra uma valorização de mais de 150% nos últimos dois anos e tendência crescente de aumentos nos preços. De acordo com a maior rede imobiliária do país, a capital teve a maior valorização entre as capitais em 10 anos.

As estratégias mais lucrativas do mercado imobiliário!

Entre os dias 15, 16 e 17 de junho, em Florianópolis, vai acontecer o Inside Imob, um evento imobiliário que traz conteúdos de inteligência imobiliária, estratégia, tecnologia, tendências e os melhores resultados.

O Inside Imob te dará todas as ferramentas que você precisa para chegar à mesa dos gigantes do mercado imobiliário e fechar contratos milionários: networking, conhecimento estratégico e poder de persuasão. Serão 3 dias de imersão em Florianópolis, onde os maiores experts em vendas, construção, tecnologia e inovação estarão no palco, ministrando mentorias para você despertar todo seu potencial profissional. 

Tudo isso, para que você descubra como conquistar os seus objetivos profissionais e pessoais, com estratégias mostradas na prática! 

Aplique o Cupom FACILITA20 e garanta 20% de desconto no Inside Imob!

Continue lendo

Mercado Imobiliário

Vendas sobem 6,2% e MAP registra acréscimo de 109% no número de imóveis comercializados no 1º trimestre móvel de 2022

Publicado a

I

Temos visto uma crescente no mercado imobiliário de luxo nos últimos anos, isso tem se refletido na busca por espaços mais amplos, confortáveis, sustentáveis e em regiões com boas condições de vida. Só para você ter uma base, no 1º trimestre do ano o segmento Médio e Alto Padrão (MAP) registrou acréscimo de 109% no número de imóveis comercializados.

Que saber mais? Confira neste artigo o cenário atual do mercado imobiliário!

Vendas de imóveis sobem 6,2%

Em um levantamento realizado pela Abrainc-Fipe, no ano de 2022, o crescimento nos lançamentos tiveram alta de  6,2% nas vendas em relação ao volume transacionado no período correspondente do ano de  2021 no Brasil. 

Considerando os últimos meses, finalizados em março de 2022, a quantidade de lançamentos de imóveis novos somaram 26.973 unidades, o que representa 2,2% de aumento em relação ao mesmo período do ano anterior.

MAP X CVA: acréscimo de 109% no número de imóveis comercializados

No primeiro trimestre móvel de 2022 o segmento de Médio e Alto Padrão (MAP) teve aumento de 109% no número de imóveis comercializados, sendo 9.553 unidades que somadas ao Programa Casa Verde e Amarela (CVA) totalizou 26.942 unidades vendidas.

Em relação aos lançamentos de imóveis novos, o MAP continuou forte, com mais 26.973 unidades comercializadas, o que representa crescimento de 35,6%. No caso CVA, foram totalizadas 16.960 unidades. Além disso, no 1º trimestre de 2022, houve recuo de 1,7% no quantitativo de distrato dos imóveis de Médio e Alto Padrão.

Como manter suas vendas em alta?

O Brasil enfrentou e ainda enfrenta uma temerosa crise sanitária e econômica. Alguns disseram que seria passageira, mas a verdade é que toda a economia do país sofreu e tem sofrido com os altos índices de inflação e com a economia mundo afora enfraquecida. O fato é que a partir de agora sua incorporadora precisa estar preparada para sair fortalecida e melhorar a produtividade.

Para uma boa gestão é imprescindível dispor de sistemas de gestão imobiliária. Com esses sistemas, é possível gerenciar, como o próprio nome incita, todo o sistema operacional da sua construtora. Portanto, esse tipo de sistema aumenta a produtividade e, consequentemente, as vendas. Exemplos: ERP UAU e o Sienge.

É nesse cenário que a tecnologia tem atuado como um meio essencial de facilitar a comunicação com o cliente, organizar as diversas informações que o corretor tem disponível e ainda oferecer para o gestor o meio de ficar mais próximo de todo o sistema operacional da construtora.

Além dessas ferramentas, existem no mercado imobiliário diversas opções que facilitam a gestão e com isso aumenta a produtividade da equipe. Mas é importante salientar que além de ferramentas e sistemas, é possível aumentar a produtividade motivando a equipe de vendas, uma vez que, uma equipe motivada consegue ser mais produtiva e vende mais!

Saiba mais como as ferramentas podem auxiliar as construtoras a aperfeiçoarem a gestão de suas equipes de vendas e aumentarem seus resultados. Solicite uma demonstração e conheça mais sobre o app Facilita.

Gostou do conteúdo e quer ficar por dentro de todas as novidades do mercado imobiliário? Não perca tempo! Assine a nossa Newsletter e receba um boletim informativo semanalmente.

Continue lendo

Trending

Copyright © 2022 Facilita.

pt_BRPortuguese